23.2.14

DILMA, A FALIDA

SEBASTIÃO NERY -

Em um jantar em São Paulo, na campanha presidencial de  2002, no aniversário de um radialista amigo, o candidato José Serra, tenso, pegou pelo braço o deputado e fundador da Força Sindical, Luiz Medeiros:

         
         - Medeiros, desta vez você vai ficar conosco?

         - Não posso, Serra. Sou PL e meu partido deve apoiar o Lula. Pela primeira vez vou ficar com o Lula. Da próxima conte comigo.

         - Não haverá a próxima, Medeiros. Será agora ou nunca. Estou com 60 anos,  minhas energias e chances são agora. Vi o Montoro acabar o governo gagá, aos 70 anos. (Montoro nasceu em 16 de julho de 1916, terminou o governo em 86 e morreu em 16 de julho de 99. Serra nasceu em 19 de março de 1942. Estava com 60, agora  72). Medeiros, vai ser tudo ou nada. Vou jogar tudo e passar por cima de quem ficar na minha frente.

         Não adiantou. Serra perdeu.

SERRA

         Agora, doze nos depois, o PSDB expeliu a candidatura de Serra e ele, caráter sem jaça, com os cotovelos inchados, joga tudo para derrotar Aécio e vingar-se. Fazendo conferencia para “consultores financeiros” (banqueirinhos de banqueiros), Serra mordeu as canelas de Aécio :
   
- “Eu não vejo que o quadro econômico seja tão calamitoso quanto se divulga. Não significa que estamos bem, mas o que não vejo é que seja tão calamitoso – disse Serra, ao começar a análise da conjuntura econômica.

Há perda de manobra na área fiscal, mas não há perspectiva de descontrole na área fiscal e muito menos de calote. Não há isso”.

Será que Serra está querendo substituir Mantega?

                                       GERENTONA

O que vocês não sabiam é que Dilma, a “gerentona” da propaganda do PT, é uma empresaria falida. Ela mesma é quem confessou, em Minas :

- “A minha experiência é essa, de muitos empresários do país”.

A ex-ministra foi microempresária entre fevereiro de 1995 e julho de 1996. Em sociedade com a ex cunhada Sirlei Araujo, estruturou empresa de importação de produtos e brinquedos do Panamá. A sócia-gerente era a economista Dilmona, A empresa foi registrada com o nome de “Pão & Circo” (que nome! muito estranho!), em Porto Alegre, em março de 1995 e encerrou  suas atividades em julho de 1996. Falida.
                  
MARQUETEIROS

         O servilismo rafeiro de alguns institutos de pesquisa e setores dos autoproclamados formadores de opinião asseguram que Dilma  será reeleita. Os marqueteiros estipendiados pelos milhões de reais não ficam atrás. O marqueteiro-mor João Santana já definiu os dois candidatos oposicionistas como integrantes de um “picadeiro de anões”.

Traduzindo em linguagem direta: Aécio Neves e Eduardo Campos seriam figuras liliputianas na vida política brasileira. Na área oficial, enquanto o secretário-geral da Presidência, Gilberto Carvalho, ameaça erte que o “bicho vai pegar”, a re-candidata confessou, em 4/3/2013:
- “Nós podemos fazer o diabo quando é a hora da eleição.”

  GIRASSOL

         A oposição não pode tergiversar no enfrentamento desse descalabro de incompetência. Precisa falar em sintonia com o clamor popular que hoje vive situação de orfandade. Os idos de junho de 2013 comprovaram isso. Demonstrar que falta ao Brasil um projeto de país que redefina o futuro que precisa ser planejado com competência, remodelando a estrutura do Estado.

         Nos últimos anos nenhuma obra de grande importância na infraestrutura foi concluída. Os portos e rodovias estão em situação de calamidade. Os hospitais e escolas públicas vivem penoso ciclo de desintegração. Na agricultura obtemos safras recordes, mas os caminhoneiros esperam dias para descarregar, sem armazenamento.

         A transposição do São Francisco é um engodo, afetando a vida de milhões de nordestinos. A ferrovia Norte Sul, aproximando-se dos 30 anos, está longe da realidade.A manipulação da verdade,propaganda massacrante e marqueteiros são os grandes agentes do “planejamento nacional.”