25.11.15

LÍDER DO PT PRESO PELA PF. SENADO ESTÁ REUNIDO PARA JULGAR A PRISÃO DO SENADOR

ALCYR CAVALCANTI -


Em uma decisão unânime o senador Delcídio Amaral líder do Partido dos Trabalhadores foi preso nesta manhã, por tentar prejudicar a Operação Lava-Jato. O  banqueiro André Esteves do Banco Pactual também foi preso. O Senado Federal está reunido para julgar a validade da prisão de um senador da República, o que pode abrir grave precedente em face da imunidade dos senadores. A presidente Dilma Roussef cancelou compromissos anteriores e convocou reunião com vários ministros para definir uma posição.

A decisão do Supremo Tribunal Federal foi tomada por unanimidade e a ministra Carmen Lucia declarou que "Os criminosos não passarão pelos juízes do Brasil". Gravação feita pelo filho de Nestor Cerveró, Bernardo é a prova para o pedido de prisão. O senador teria oferecido R$50mil para que Nestor Cerveró ex-diretor da Petrobras não delatasse perante os juízes que apuram irregularidades na Operação Lava-Jato. Haveria inclusive uma rota de fuga para o delator.