30.11.15

PMs SÃO PRESOS SOB ACUSAÇÃO DE TEREM EXECUTADO CINCO RAPAZES

ALCYR CAVALCANTI -


Quatro policiais militares do Batalhão de Irajá (41 BPM) foram presos sob a acusação de terem executado cinco rapazes dentro de um carro na Estrada João Paulo próximo ao Morro da Pedreira em Costa Barros. Parentes dos cinco jovens afirmaram que os PMs alteraram a cena do crime ao colocar uma arma de brinquedo dentro do automóvel após terem metralhado o veículo, para justificar o auto de resistência.

Segundo relato de parentes, os rapazes estavam comemorando salário recebido pelo primeiro emprego. A matança de cinco jovens é mais um número de uma triste estatística de uma série de situações de violência extremada que assola as ruas da cidade em uma verdadeira Guerra Sem Fim, onde diariamente são executados jovens civis no auge de sua força de trabalho, em contraposição policiais militares são também caçados pela bandidagem, com recompensas em dinheiro de ambos os lados.

O Morro da Pedreira em Costa Barros, subúrbio carioca é uma das áreas mais violentas da cidade, dominada pela rede criminal Amigos dos Amigos-ADA e chefiada por Carlos José Silva Fernandes o Arafat, sucessor de Celso Play Boy, que comanda um "exército" de 300 homens muito bem armados. Arafat comanda a maior quadrilha de roubo de cargas do Estado do Rio de Janeiro. Atualmente é o criminoso mais procurado pela policia.