16.12.15

LAVA JATO

EMANUEL CANCELLA -

Nunca antes neste país vimos corruptos e corruptores indo para a cadeia e os bens roubados sendo confiscados! Nos 21 anos de ditadura, ninguém investigava ninguém, também não creio que nos governos militares imperava a corrupção, porém ninguém era investigado, prevalecia “O  sabe com quem esta falando? “.

Nos dois governos de Fernando Henrique Cardoso, o Procurador Geral era conhecido como “Engavetador Geral da Republica” e os órgãos investigatórios (Justiça, MP, PF, PGR) estavam sucateados principalmente por falta de concurso público. A Imprensa publicava que os carros da Polícia Federal estavam parados por falta de gasolina e os telefones cortados por falta de pagamento. Num governo que foi acusado de realizar a “Privataria Tucana”, “Compra de votos para se reeleger”, Proer, Corrupção na Petrobrás, citado em “Diários da presidência”, livro do próprio FHC, não nos parece que esse “sucateamento” dos órgãos investigatórios tenha sido por acaso.

Nos governos do PT, os órgãos investigatórios foram reciclados de material e mão de obra, saltam aos olhos a juventude e a pujança desses órgãos. E as principais leis que permitem o combate à corrupção foram aprovadas nesse governo, resultando assim na prisão e confisco de bens de  banqueiros, senadores e grandes empresários. Isso era impensável em governos anteriores. Qual é mesmo o governo dos corruptos?

Tudo resolvido? Não! Apesar dos avanços no combate a corrupção e as prisões, existe um erro crasso na aplicação dessa “justiça”. E isso precisa ser corrigido logo! Parte da sociedade acredita que o fato de o mensalão tucano anterior ao do PT não ter sido julgado, isso logo vai ser corrigido. Ledo engano porque o mensalão tucano está prescrevendo sem julgamento. Outra coisa, prenderam rapidinho o senador Delcidio do Amaral e o tesoureiro do PT e por que a demora para prender Eduardo Cunha?

A operação lava Jato investiga a Petrobrás e é aplaudida por nos petroleiros e pela maioria da sociedade. Isso devido às prisões e muito pelo reality show que realizam? E por que não investigam os tucanos? Apesar das inúmeras delações premiadas que citam os senadores Aécio Neves, Antonio Anastasia e o próprio governo de FHC na Petrobrás, essa turma continua invicta.  Mas que Justiça é essa que é seletiva e direcionada  pela mídia e por partido político, no caso o PSDB?

No caso de Aécio Neves, acusado de controlar uma diretoria em Furnas que lhe pagava mensalão através da irmã, a Força Tarefa da lava Jato alegou que investigavam a Petrobrás e investigar Furnas não era sua tarefa! Seria convincente essa tese se não investigasse, logo a seguir, a Eletro Nuclear, prendendo o Almirante chefe maior da construção do submarino atômico, que tem como principal tarefa proteger o pré-sal. E para quem não sabe, o pré-sal está localizado em águas que os EUA não reconhecem como nosso mar territorial.

Tudo isso fica mais suspeito ainda quando a Lava Jato convoca os procuradores americanos para investigar a Petrobrás no Brasil. Estariam legalizando a espionagem americana? Sem esquecer que a petroleira Americana Chevron foi denunciada em 2009,  pelo  Wikeleaks, de ter o apoio do então candidato a presidência tucano, derrotado, José Serra, para favorecê-la, caso fosse eleito, na discussão do pré-sal. Serra agora patrocina a PLS 131/15, que novamente visa favorecer as multinacionais estrangeiras, em especial a Chevron.   O juiz Sérgio Moro foi premiado pela Globo, como personalidade do ano, e agora são os americanos que premiam também a operação Lava Jato. Estão premiando com certeza porque a Lava Jato defende o interesse deles, e não a dos brasileiros!

Agora a Lava Jato investiga a Transposição do Rio São Francisco! Apesar de muito suspeito, já que eles se julgaram impossibilitados de investigar Furnas, vão investigar a Eletro Nuclear e a Transposição do Rio São Francisco? Por que investigam o governo e parlamentares do PT, de outros partidos. e agora do PMDB, principalmente o Cunha, e não investigam parlamentares e o governo do PSDB? Será que dá para acreditar que depois vão investigar? Já que estamos nas vésperas do Natal, eu prefiro acreditar em Papai Noel!

*Emanuel Cancella é coordenador do Sindicato dos Petroleiros do Estado do Rio de Janeiro (Sindipetro-RJ) e da Federação Nacional dos Petroleiros (FNP).