4.12.15

PAPO DE BAR

EMANUEL CANCELLA -


Depois da Globo, os EUA reconhecem e premiam o grande esforço do juiz Sérgio Moro, chefe da Lava Jato, que oficializou a espionagem americana no Brasil, quando trouxe para cá procuradores americanos para prejudicar a Petrobrás. Logo os EUA que só têm petróleo para 3 anos e estão enlouquecidos pelo pré-sal. Além da ajuda de Moro, os americanos contam com a colaboração do tucano José Serra, através da PLS 131/15. Com brasileiros assim ninguém precisa de inimigo estrangeiro!

Os dois aloprados do impeachment, Aécio Neves e Eduardo Cunha, não podem se denominar quadrilha porque são uma dupla.


Que injustiça do jornal americano! A Globo não ilude ninguém, agora por exemplo apoia Eduardo Cunha, contra a vontade da maioria dos brasileiros!

Qual o seu próximo destino de férias, o Brasil e seus garotos de rua; os EUA e seus atiradores transloucados; ou a Europa dos atentados terroristas?

O jornalista Sidney Resende foi demitido da Globo quando postou em seu Facebook “Há uma má vontade dos colegas que se especializaram em política e economia. A obsessão em ver no Governo o demônio, a materialização do mal, ou o porto da incompetência, está sufocando a sociedade e engessando o setor produtivo”. Ainda temos jornalistas dignos, palmas para Sidney Rezende!

Los Angeles decreta emergência, após aumento drástico de moradores de rua. O Data Folha poderia fazer uma pesquisa de quem vive melhor o povo de rua americano ou o povo de rua brasileiro.

Qual a polícia tucana que bate mais em estudante, a do governador  Geraldo Alckmin ou do governador Beto Richa, do Paraná?

Os estudantes paulistas deram aula sobre educação nas ruas, de disposição e de democracia, vencendo o autoritário governador Geraldo Alckmin!

*Emanuel Cancella é coordenador do Sindicato dos Petroleiros do Estado do Rio de Janeiro (Sindipetro-RJ) e da Federação Nacional dos Petroleiros (FNP).