28.1.16

FRENTISTAS DE RONDÔNIA FECHAM NEGOCIAÇÃO. NO RIO DE JANEIRO, TRABALHADORES VÃO DEFINIR NO SÁBADO PAUTA DE REIVINDICAÇÃO SALARIAL

Via SINPOSPETRO-RJ -
A intermediação do presidente do SINPOSPETRO-RJ, Eusébio Pinto Neto, no processo de negociação salarial dos trabalhadores dos postos de combustíveis do Estado de Rondônia foi essencial para garantir novas conquistas para categoria. Eusébio Neto, que ajudou a fundar o Sindicato dos Frentistas de Rondônia conhece de perto as necessidades e os anseios dos trabalhadores do Norte do país. O sucesso da negociação foi celebrado no acordo fechado nesta terça-feira(26), em reunião, em Porto Velho, que contou também com a presença do presidente do Sindicato dos Frentistas de Rondônia, Paulo Ferreira Leite e representantes da entidade patronal.
Os seis mil frentistas do Estado de Rondônia conseguiram o reajuste do INPC. Os negociadores também conseguiram incluir na Convenção Coletiva a cláusula que garante adicional de 10% para os funcionários que exercerem a função caixa. Os trabalhadores vão receber ainda R$ 10,00 de ticket refeição, que pode ser trocado pelo vale-alimentação.  Além deste benefício, os frentistas têm direito a uma cesta básica por mês.

MOBILIZAÇÃO

A participação efetiva dos trabalhadores do Estado de Rondônia durante todo o processo foi essencial para o sucesso da negociação. Eles lotaram a assembleia de aprovação de pauta, realizada em novembro de 2015, e pressionaram por novas conquistas e benefícios. É bom frisar que o preço dos combustíveis no Estado de Rondônia é mais barato do que no Rio de Janeiro.

NEGOCIAÇÃO DE SALÁRIOS NO RJ
No próximo sábado(30), o presidente do SINPOSPETRO-RJ, Eusébio Pinto Neto, vai comandar a assembleia de aprovação de pauta de reivindicação das cláusulas econômicas dos trabalhadores dos postos de combustíveis do Município do Rio de Janeiro. A reunião será realizada, às 15h, na sede do sindicato, que fica na Rua Uberaba, nº 30, no Grajaú, Zona Norte do Rio.

Ante de incluir na Convenção Coletiva de 2015/2017, a cláusula que permite a negociação anual, os trabalhadores só discutiam o aumento dos salários a cada dois anos. O SINPOSPETRO-RJ conseguiu dar o primeiro passo para avançar nas conquistas, agora é com a categoria. A sua presença na assembleia será o grande diferencial para a negociação do aumento dos salários em 2016. As negociações devem começar em março, data-base da categoria.

A diretoria do SINPOSPETRO-RJ está nas ruas convocando os trabalhadores para assembleia. Esse é o momento da mudança. Os fatos nos mostram que as conquistas são fruto de união e determinação. A categoria precisa se unir ao sindicato para fortalecer o movimento.
*Estefania de Castro, assessoria de imprensa Sinpospetro-RJ.