25.1.16

MENGO É TRI E 100% EM DECISÕES

Por JUCA KFOURI - Via blog do autor -

O Flamengo estava melhor em campo quando, aos 18 minutos, de virada e na orelha da bola, Gabriel Vasconcelos abriu o placar para festa no Pacaembu.



O Rubro-Negro sentiu.
Os meninos do Corinthians tomaram conta e, sete minutos depois, ao estilo do time de Tite, uma roubada de bola proporcionou o contra-ataque que Matheus Pereira não desperdiçou, batendo firme e cruzado para ampliar: 2 a 0.
Trigésimo gol marcado no torneio.
O Timãozinho estava perto de sua 10ª Copa São Paulo e conseguia sua nona vitória em nove jogos, 17 vitórias seguidas na Copinha, somadas as oito do ano passado.
Então, os paulistas se acomodaram e os cariocas cresceram em busca de diminuir a diferença basicamente estabelecida porque as duas bolas chutadas ao gol pelos alvinegros entraram.
O primeiro tempo terminou com o Flamengo melhor, mas perdendo.
O goleiro Filipe trabalhou mais que Thiago, mas foi o flamenguista quem buscou a bola duas vezes no fundo da rede.
E nem bem o segundo tempo começou o Flamengo diminuiu com gol, de Paquetá,  erradamente anulado por impedimento.
Aos 3 minutos, no entanto, em novo lance de bola parada, Trindade cabeceou o escanteio cobrado pela esquerda e marcou o merecido gol flamenguista: 1 a 2.
Aos 6, Thiago fez sua primeira defesa e evitou o terceiro gol corintiano.
O jogo pegou fogo e o Flamengo empatou com Matheus Sávio em contra-ataque pela direita, em chute cruzado: 2 a 2!
O Menguinho estava simplesmente impossível e merecia estar vencendo.
Na décima decisão da Copinha entre cariocas e paulistas para saber se os times do Rio venceriam pela sétima vez estava indo para a marca do pênalti.
No fim, o jogo teve de ser paralisado porque os cafajestes organizados da Gaviões da Fiel acenderam sinalizadores na arquibancada, o que é proibido.
Quando foi reiniciado faltavam oito minutos e a prudência era a marca registrada de ambos os times, com o Corinthians mais perigoso.
Mais de 30 mil torcedores se preparavam para a dramática decisão na marca do pênalti no Pacaembu.
O Flamengo empatava pela segunda vez e o Corinthians pela primeira.
Campeões e vices terminam invictos.
O Corinthians começou as cobranças e fez 1 a 0.
O Flamengo empatou.
O Corinthians fez 2 a 1.
Novo empate.
3 a 2.
Filipe pega o pênalti rubro-negro.
Na cavadinha, o Corinthians bateu por cima.
O Flamengo empatou.
Na quinta cobrança corintiana o goleiro Thiago pegou.
Ele mesmo foi bater o último e Filipe pegou.
Começou a nova série.
Thiago pegou!
Patrick deu o tri ao Mengo, 100% em decisões da Copinha.
Sabe como é, deixou chegar…
E quer saber?
Pelo jogo de hoje, foi justo.