20.1.16

QUEM ERA O DONO DO JATINHO DE CAMPOS?

Por PAULO HENRIQUE AMORIM - Via Conversa Afiada -



FAB divulgou hoje o resultado da investigação sobre o desastre com o jatinho sem dono que matou Eduardo Campos.


O cansaço do piloto, as brigas com o co-piloto, o tempo - tudo isso deve ser levado em conta.

Mas, isso, não vai ao centro o desastre que conduziu Campos e sua candidata a vice, a Blablárina malandrina pelo país afora, em campanha presidencial.

Na História do Capitalismo Ocidental esse é o unico jatinho de US$ 20 milhões que não tem dono !

Uma bola de ping-pong tem dono, uma boia salva-vidas tem dono, um Iphone Apple tem dono, um apartamento na praia de Boa Viagem no Recife tem dono.

Mas, o jatinho do Eduardo e da Bláblárina não tem.

Por quê?

Porque a PF do  não descobre.

A PF do zé também nao descobre quem grampeou o mictório do Youssef nem quem vendeu delação ao Andre Esteves.

A PF do zé serve é para peitar preso e ameaçá-lo com a prisão da mulher, como se mostra em "assim se faz uma delação premiada".

Um escândalo!

Mas, não se sabe quem é o dono do jatinho, porque o Eduardo Campos veio para o lado de cá.

Ele se candidatou pela Direita, na companhia da Direita "sustentabilista"...

Por isso, o jatinho não tem dono.

Porque a sustentabilista pode vir a ser a única candidata da Casa Grande em 2018.

Por isso o jatinho não tem nem terá dono, nunca!

Mas, com a reprodução dos trechos anexos de duas "reportagens" vazadas, o Conversa Afiada, em nome do esclarecimento da verdade - afinal, a História do Capitalismo Ocidental não pode ser maculada dessa forma - faz uma sugestão aos investigativos repórteres do PiG, esses profissionais do vazo: que tal perguntar ao Youssef e ao Paulo Riberto Costa quem é o dono do jatinho ?

Talvez eles saibam.

Eles sabem quase tudo, não isso, Dr Moro ?

(Não deixe de ver na TV Afiada: a cela do vazador fica ao lado da cela de quem publica o material vazado ).

***




O doleiro Alberto Yousseff afirmou em depoimento da delação na Operação Lava-Jato que o ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB) - morto em acidente aéreo em agosto do ano passado - recebeu entre 2010 e 2011 R$ 10 milhões de propina por meio de contrato com a Conest. Formado pelas empreiteiras Odebrecht e OAS, o consórcio era responsável pela execução de obras da Refinaria de Abreu e Lima. Ainda de acordo com Youssef, a propina destinada a Eduardo Campos ocorreu para o governo de Pernambuco não criar dificuldades nas obras.

***

No Estadão:

O ex-diretor de Abastecimento da Petrobrás Paulo Roberto Costa afirmou em depoimento da delação premiada dos autos da Operação Lava Jato que intermediou em 2010 o pagamento de R$ 20 milhões para o caixa 2 de campanha de Eduardo Campos (PSB), então candidato à reeleição ao governo de Pernambuco – Campos foi reconduzido ao cargo com 80% dos votos.

Segundo Paulo Roberto Costa, o operador da transação foi o ex-ministro Fernando Bezerra, da Integração Nacional do governo Dilma Rousseff (PT), eleito senador pelo PSB de Pernambuco e ex-braço direito de Campos.

***

Em tempo: o Brasil ainda aguarda que a Ministra Ana Arraes, do Tribunal das Contas - esse egregio tribunal que tem a honra a hospedar o Ministro Nardes, que aparece nesse documento da Zelotes - que a Ministra expeça um voto em separado e revele quem era o dono do jatinho de seu filho.

Em tempo2: quem vai indenizar as vítimas do desastre do jatinho? O Itaúúú?