21.2.16

PIOR QUE A ZIKA É O COMPLEXO DE VIRA LATAS

EMANUEL CANCELLA -


Nelson Rodrigues, escritor e dramaturgo falava: Por "complexo de vira-lata" entendo eu a inferioridade em que o brasileiro se coloca, voluntariamente, em face do resto do mundo.” Na mídia, o complexo de vira latas já é crônico e não tem cura.

Vamos usar como exemplo a Petrobrás. Durante os dois anos da Lava Jato, os petroleiros melhoraram todos os indicadores e isto você não viu na mídia, você só viu e ouvir falar da corrupção na Petrobrás. Passam a idéia de que só existe corrupção na Petrobrás. Mas isso interessa e muito a mídia corrupta envolvida no Swssleaks, Globo, Band, Folha, Grupo RBS e a editora Abril, responsável pela revista Veja.

Outro escândalo que nada falam é o Zelotes, que envolve os bancos Santander, Safra e Bradesco; as companhias Cimento Penha, Boston Negócios, J.G. Rodrigues, Café Irmãos Julio e Mundial-Eberle; as montadoras Ford e Mitsubishi; o grupo Gerdau e a maior afiliada da rede Globo, a RBS. Esses escândalos são infinitamente maiores que o petrolão e não existe uma operação como a Lava Jato para investigar. Por que só a Petrobrás é investigada?

Sem esquecer o escândalo da FIFA, cuja a maior suspeita é a Globo por ter monopolizado por décadas as transmissões esportivas no país. Inclusive, o seu principal sócio, a TV TEM, de São Paulo é réu confesso no processo.

Aí entra a historia do petróleo. A Petrobrás foi criada na campanha “O petróleo é nosso!”, nas ruas e no maior movimento cívico que esse país conheceu. De um lado o povo, e do outro as multinacionais do petróleo. Isso quando o petróleo era um sonho e hoje, quando ele é uma realidade, os inimigos principais são a Lava Jato, Globo e a oposição de direita, principalmente o PSDB. A Globo, que deu o prêmio de personalidade do ano ao juiz Sérgio Moro, chefe da lava Jato, também fez campanha no governo de FHC pela privatização da Petrobrás, comparando-a a um paquiderme e chamando os petroleiros de marajá.

E hoje mesmo, com a Petrobrás desenvolvendo tecnologia inédita no mundo que permitiu a descoberta do pré-sal, a descoberta mais importante do mundo contemporâneo, a Globo não desiste e escreve em editorial que “ O pré-sal pode ser patrimônio inútil”.

Diferentemente dessas empresas envolvidas no Swssleaks e Zelotes que só pensam no lucro, a Petrobrás tem uma função fundamental que é a social, que além de abastecer ininterruptamente o país de derivados de petróleo a 61 anos, contribui com 13% do nosso PIB, financia com os impostos que paga 80% das obras do país. O Brasil é o segundo canteiro de obras do mundo, só perdendo para a China. Além disso, a Petrobrás responde por milhões de empregos no país.

Mas se a Petrobrás está falida como diz a mídia por que toda essa campanha contra a companhia? A Petrobrás com o pré-sal possui reservas acumuladas de mais de 100 bilhões de barris, o suficiente para abastecer o país por no mínimo mais 50 anos. Essas reservas, considerando o barril a U$ 30, somam U$ 3 trilhões de dólares. Isso é igual as reservas cambiais em dólares da China, as maiores do planeta. A Petrobrás esta longe de estar falida e eles estão querendo entregar as multis o nosso petróleo!

*Emanuel Cancella é coordenador do Sindicato dos Petroleiros do Estado do Rio de Janeiro (Sindipetro-RJ) e da Federação Nacional dos Petroleiros (FNP).