22.2.16

TOMBINI: CONFUSO, TUMULTUADO, INDECISO, SEM CONVICÇÃO, CONTRADITÓRIO

HELIO FERNANDES -


Deu entrevista na televisão, desperdiçou os 25 minutos de que dispunha. E principalmente, desmentiu a ele mesmo, varias vezes. Usou e abusou de palavras como "desinflação", que deixavam a impressão que estavam sendo "desinventadas" naquele momento. Foi à base de toda a sua argumentação, utilizada do inicio ao fim.

Sem compromisso com afirmações anteriores, não percebia que estava se desmentindo, sendo incoerente e contraditório. Nos primeiros dias de janeiro deste tenebroso 2016, garantiu, também na televisão: "A inflação no final deste 2016, estará no centro da meta, 4,5 por cento". Ninguém acreditou. Mas não se esperava que ele mesmo apresentasse números completamente diferentes. E isso apenas 50 dias depois.

Leia mais na COLUNA