2.2.16

UM EXEMPLO PARA O SINDICALISMO BRASILEIRO!

GERALDO PEREIRA -

Há pouco, tive a imensa satisfação de passar alguns dias na Colônia de Férias de Praia Grande, pertencente aos Trabalhadores Hoteleiros de São Paulo e Região.

Surpreendi-me com um belo edifício de 8 andares, admirável projeto, do nosso estimado Otávio, arquiteto iluminado, que há anos presta os seus serviços profissionais ao Sinthoresp – Sindicato da Categoria.

Colônia de Praia Grande já está funcionando!
Lembrei-me que há uns oito anos, mais ou menos, lá estive e ouvi o Calasans – Francisco Calasans Lacerda, seu dinâmico presidente, esboçar um plano, plano arrojado, que consistia em derrubar as duas ou três casas simples, que abrigava a antiga colônia, comprar outras tantas na vizinhança, a fim de construir uma colônia de férias a altura da categoria, num prédio, com uns 60 apartamentos, para acompanhar as necessidades dela, dizia-me ele.

Na capital, o Sinthoresp construía um edifício de 10 andares, o Hotel Escola, no bairro da Liberdade, bem próximo ao centro paulistano. Eu ficava admirado com o seu andamento, às vezes sofria uma paradinha, mas logo voltava à normalidade.

Construir no coração da capital paulista, um imóvel, um hotel escola, com uns 60 apartamentos, sem recorrer ao governo, a bancos, a empréstimos de qualquer ordem, usando exclusivamente o dinheiro da categoria, de suas contribuições, é sem dúvida alguma a mais inequívoca das provas de uma diretoria séria, que usa o dinheiro do quadro social em seu benefício, em benefício do corpo social da entidade. É para mim, que há décadas, acompanho a vida sindical brasileira, um fato que serve de exemplo, e passará a fazer parte das palestras que faço no setor sindical, em todo o Brasil.

Citar o Calasans e a sua diretoria, dirigentes que estão ai para servir ao sindicato e não se servir dele! Usar as contribuições da categoria com honestidade, zelar por ela, logo o dinheiro aparece, para as obras como essa da Colônia de Férias dos Trabalhadores Hoteleiros de São Paulo e Região.

No momento, dois andares já estão funcionando, com 21 apartamentos por andar, dentro de mais 60 ou 90 dias, mais 2 ou três andares estarão à disposição do quadro social. Os demais andares, vi com alegria, que o mobiliário, TV, Ar condicionado, tudo corre bem, para que nos próximos meses o trabalhador e as suas famílias possam usufruir dos 105 apartamentos e também da sua piscina, da sua invejável colônia. É bom não esquecer, que o Sinthoresp, possui outras colônias de férias uma em Caraguatatuba e mais duas em Peruíbe.

Desnecessário dizer, da finura da alimentação, tudo de primeira, farta. Gostosíssima!

Na Colônia, confesso, tudo superou toda minha expectativa, pela qualidade e variedade dos cardápios diários, para todos os gostos.

Geraldo Pereira na Colônia de Férias de Praia Grande (SP). Crédito: Laura Pereira.
Parabenizo o companheiro Rubens Fernandes da Silva – diretor executivo, responsável pelo Hotel Escola e pelas Colônias de férias -, pelo excelente atendimento do seu quadro de funcionários, em todos os setores. Trata-se realmente de uma equipe bem formada profissionalmente. Meus parabéns ao Calasans e aos seus colegas de diretoria, pelo exemplo que dão ao sindicalismo brasileiro na condução Sinthoresp.

Que Deus me permita constatar outros exemplos semelhantes, na vida sindical do meu País.