21.3.16

A HORA DO ARREPENDIMENTO

CARLOS CHAGAS -

Supondo-se que até o final da semana venha a ser resolvida essa ridícula questão da posse do ex-presidente Lula na chefia da Casa Civil da presidente Dilma, passa-se  ao principal: para que o antecessor foi convocado? Para inaugurar um novo governo, entrando no  palácio do Planalto com plano de ação e até uma  listinha de  novos ministros? Não  como capitão de time, mas marechal do exército atualmente em retirada?

Ou subordinado fiel e obediente cumpridor das ordens da comandante? Quanto baterem de frente, pois nessas situações  são mais do que naturais as divergências, para que lado marchará a tropa?

Há quem conclua por antecipação que Madame incorreu em grave erro ao convocar o antecessor para o  seu  time. Serão dois anos e oito meses de tensões permanentes, situação demonstrativa da conclusão de que o PT ia perdendo  a guerra. As manifestações de domingo passado não deixam dúvidas sobre terem sido bem superiores às da recente sexta-feira.

Acontecerá o que, caso batam de frente Dilma e Lula? Não se duvida da hipótese de que alguns ministros venham a insurgir-se contra orientações do novo chefe da Casa Civil? A quem Madame dará preferência?

Lula enfrentará outro tipo de problemas. A família  abrirá mão de confortável residência  em São Paulo, mesmo sem características de triplex, ou de um sítio próximo e ameno, para vir morar no cerrado?  Mesmo com mansões a seu dispor, hesitará em trazer  para Brasília toda  a tralha  levada para a Paulicéia.  Ficar na ponte aérea equivalerá a um  retrocesso, mas morar separado da mulher e dos filhos, pior ainda.

Como será  cuidado o Instituto Lula? Paulo Okamoto ficará lá ou aqui? Admite-se um chefe da Casa Civil afastado da sede do governo? E durante as sucessivas viagens  pelo país,quem ocupará as instalações presidenciais?  Claro que Dilma, mas o constrangimento  estará presente todos os dias.

Sempre que o Lula receber convites para palestras no exterior,  em que   condição será recebido pelas autoridades lá de fora? Ex-presidente da República ou chefe da Casa Civil? Em que conta bancária será depositado seu cachê?

Para cada lado que o ex-presidente se volte encontrará problemas. Será que nos momentos de reflexão não lhe passará pela cabeça concluir haver praticado uma imensa besteira?