30.3.16

DANIEL ALVES EVITOU A DERROTA AOS 46 MINUTOS DO SEGUNDO TEMPO. SELEÇÃO FICA EM 6º NA TABELA DAS ELIMINATÓRIAS

REDAÇÃO -


Paraguai e Brasil empataram por 2 a 2 na noite deste terça-feira em jogo válido pela sexta rodada das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa de 2018, resultado que deixou a seleção comandada por Dunga na sexta posição na tabela, fora da zona de classificação para o Mundial. Os gols paraguaios foram marcados por Dario Lezcano e Edgar Benítez, enquanto Ricardo Oliveira e Daniel Alves marcaram para o Brasil. Na partida disputada no estádio Defensores del Chaco, em Assunção, o Brasil utilizou sua nova camisa titular para 2016, mas com calções brancos e meiões azuis para evitar um conflito de cores com a seleção anfitriã. Depois de minutos iniciais equilibrados, o Paraguai aos poucos começou a se impôr no jogo e pressionar a defesa brasileira.

Após várias chances criadas e pelo menos duas defesas fundamentais de Alisson, o Brasil teve sua melhor chance no primeiro tempo em chute de Ricardo Oliveira que acertou o travessão. Mas quem abriu o placar, aos 40 minutos, foram mesmo os anfitriões, com o atacante Dario Lezcano aproveitando cruzamento de Benítez da esquerda e contando com a desatenção generalizada da defesa brasileira. No segundo tempo, o Brasil voltou com Hulk no lugar de Fernandinho, mas antes que a seleção pudesse esboçar uma reação, o Paraguai aumentou logo aos três minutos. Roque Santa Cruz fez ótima jogada pela direita se livrando de três marcadores e tocando para Ortiz, que imediatamente enfiou para Benítez invadir a área e tocar na saída de Alisson.

A desvantagem maior fez o Brasil se lançar com tudo ao ataque e o Paraguai se concentrar em defender, mas todas as chances criadas seguiam sendo barradas pela defesa paraguaia ou terminavam em finalizações para fora. Isso até os 33 minutos, quando Hulk chutou forte de fora da área, o goleiro Villar deu o rebote e Ricardo Oliveira chegou antes da zaga para chutar e marcar, diminuindo o placar para 2 a 1. O gol reacendeu as esperanças da seleção de buscar o empate e Dunga tirou o autor do gol, Ricardo Oliveira, para a entrada de Jonas. A recompensa pela insistência veio nos acréscimos, aos 46 minutos, quando Daniel Alves tabelou com Willian pela direita, invadiu a área e, de pé esquerdo, chutou para fazer 2 a 2 e arrancar um ponto importante para a seleção brasileira fora de casa.

Com o empate, o Brasil foi a nove pontos em seis jogos disputados nas Eliminatórias e caiu para a sexta posição na tabela, quatro pontos atrás dos líderes Uruguai e Equador e à frente apenas do próprio Paraguai (sétimo colocado também com nove pontos, mas com saldo de gols pior) e de Peru, Bolívia e Venezuela.