17.3.16

MORO GRAMPEOU O LULA OU A DILMA? KAMEL TINHA QUE DERRUBAR A PRESIDENTE NO 'JN' DE ONTEM [VÍDEO]

Por PAULO HENRIQUE AMORIM - Via Conversa Afiada -


Algumas questões precisam ser esclarecidas, antes que o Moro e a direção-geral da PF, suas diretorias regionais e o delegados aecistas de Curitiba sejam devidamente punidos e  destituídos de suas golpistas atividades.

Moro grampeou a Presidenta da República?

Ou grampeou o Lula e, portanto, a Presidenta.

Pra saber se ele pega dez ou 19 anos de cadeia, como aplicou - por "domínio do fato" - ao Marcelo Odebrecht.

Se foi ele quem escreveu uma nota para o site do Diego Mainardi, que, em Veneza, chamou os nordestinos de bovinos.

A nota diz que a República acabou com a nomeação de Luis Inácio Lula da Silva para Ministro-Chefe da Casa Civil.

Quando e onde o Moro pretendia prender o Lula?

Em São Paulo, antes de embarcar para Brasília?

Quando soube que o Lula tinha conversado com o Renan e ele tinha puxado uma boa parte do PMDB - e, portanto, entupido o Golpe do Bolsomoro, ou Moronaro?

Ou seria em Brasília, ao Lula desembarcar para assumir a Casa Civil?

O que deu errado?

E se ele prendesse o Lula - como queria! - estaria passando com um tanque por cima da autoridade do Supremo, depois de o Teori congelar os processos fabricados, fantasiosos contra o Lula.

Se fosse o valente De Sanctis que fizesse isso, o Gilmar (PSDB-MT) mandava um juizeco qualquer de Curitiba fuzilar o Moro em praça pública - e depois remove-lo para a Vara dos velhinhos de Maringá.

É provável que, na ânsia de vazar, vazar, vazar, o Moro mantenha contato permanente com o pelotão golpista do PiG e da blogosfera.

Não foi ele quem trocou whatsapp com a Cristiana Globo?

Não foi ele quem virou Rei da Pátria Branca, quando aceitou o Prêmio Faz a Indiferença do Globo?

Quem disse que ele não alimenta as boçalidades do jornal nacional e do Globo, com "dicas" ao Kamel e ao Merval?

Por que não?

Outra questão: esse bate-boca entre ele e a Polícia Federal para saber quem fez... esclarece a natureza da relação entre dois tipos de criminosos.

Um diz que foi o outro.

O outro diz que foi o um.

Quando dá ..., acaba a cumplicidade e cada qual cuide de seu ...

Qualquer filme de quadrilhas mostra isso.

A lealdade só existe na vitória.

Na derrota um mata o outro.

Em dúvida, o PT e o Governo Dilma - como prometeram, com a Dilma e o Damous - deveriam enforcar o Moro no CNJ e no STF, e destituir a PF toda.

Não deixa no lugar nem quem serve cafezinho ao Daiello.

Viu, , que ... você fez?

Que pena que o PiG não tenha divulgado o que o Lula diz de você.

Eu sei.