23.3.16

NOTÍCIAS EM ANÁLISE: O BONECO DE PAU E O CARA DE PAU; DOMINGOS MEIRELLES, QUAL É A SUA?

MIRSON MURAD -


Pinóquio, filho de Gepetto, é um boneco de pau muito mentiroso inconsequente. Todas as vezes que ele mente seu nariz cresce.

Zé Metrô de São Paulo Chevron Serra é conhecido como Pinóquio por infindáveis mentiras cabeludas. Serra não é um boneco de pau mas tem uma imensa cara de pau.

Pretendendo envolver o PMDB e, especialmente, o vice-presidente da República Michel Temer, o Cara e Pau deu farta divulgação na mídia que os partidos de oposição, por seu intermédio, havia fechado acordo com Temer para governarem juntos, após derrubarem a presidenta Dilma.

Michel Temer desautorizou o Zé Chevron Traidor Metrô de São Paulo Pinóquio Cara de Pau Serra e negou - veementemente - negociações nesse sentido.

DOMINGOS MEIRELLES, QUAL É A SUA?
(o artigo abaixo foi publicado originalmente no dia 20 de abril do ano passado, segue atualíssimo, leia ou releia, veja se não temos razão)

Você fez de tudo para conseguir a presidência da ABI, inclusive levou o presidente Maurício Azedo às barras do Tribunal de Justiça.

Foi uma briga longa e desgastante para a imagem da Casa do Jornalista, com divulgação negativa na mídia, graças ao seu prestígio e conhecimento.

Um plano ambicioso, recheado de promessas para o crescimento de nossa ABI foi apresentado em sua rica campanha eleitoral. Vieram as eleições e você foi eleito

Sua posse ocorreu em novembro de 2014. Houve até comemoração em um clube particular. Seus eleitores apostaram grande em sua administração que prometia ser futurista.

Com você na presidência da Casa do Jornalista a ABI galgaria, novamente, invejável posição entre as associações de classe e, principalmente, fortalecida em defesa dos jornalistas, da liberdade de imprensa e do Brasil, como sempre foi o caminho trilhado pela Associação Brasileira de Imprensa.

Lembro-me bem que, em conversa na nossa sede, coloquei-me à disposição do presidente recém-empossado e disse-lhe que não estava mudando de lado mas que se eu pudesse fazer alguma coisa pela ABI que você, Meirelles, poderia contar comigo. Inclusive entreguei, por escrito, umas pequenas idéias de programações culturais.

Hoje, passados 5 meses de sua posse, nada vemos acontecer e poucas vezes você vem à sede da nossa ABI que está a passos de cágado, muito devagar, quase parando..

Sei de suas obrigações profissionais na "Terra da Garoa". Reconheço  seus muitos compromissos de trabalho longe daqui. Contudo, se o colega não podia realizar aquele ambicioso projeto para o crescimento e fortalecimento de nossa ABI não teria sido melhor desistir da galgar sua presidência, deixando e até apoiando um outro em condições que pudesse trabalhar pela ABI?

Ainda é tempo para que alguma coisa seja feito por você, caro colega, pois há uma dívida com a ABI a ser paga.

Afinal, Domingos Meirelles, qual é a sua?