27.3.16

O PINÓQUIO DO ITAÚ

MIRSON MURAD -

O banqueiro Olavo Setúbal, dono do Itaú, financiou em dólares a reeleição de FHC, diz Pedro Corrêa em delação.
Roberto Setúbal, presidente do Banco Itaú, contestando o que aparece na lista da Odebrecht em que seu pai, Olavo Setúbal, aparece colaborando - financeiramente - na compra de votos para a reeleição de Fernando Henrique Cardoso (FHC), declara que seu papai não fazia política há vários anos.

Olavo Setúbal foi o 32º prefeito de São Paulo, de 17\08\75 a 11\07\79, nomeado pela ditadura militar. Contudo, não mais fazia política depois disso.

Olavo Setúbal foi ministro das Relações Exteriores de José Sarney, de 15\03\85 a 14\02\86. Entretanto, não mais fazia política após isso.

Setúbal pai foi filiado à ARENA ao PP, ao PMDB e ao PFL. Porém, não mais fazia política depois disso.

Olavo Setúbal financiou a campanha de Jânio Quadros para a prefeitura de São Paulo. Todavia, não mais fazia política depois disso.

Portanto, não poderia ter participado, apoiado e ou financiado, a reeleição de FHC.

Ah! Me engana que eu gosto...