27.3.16

A POLÍCIA FEDERAL FINALMENTE VAI OUVIR EX-AMANTE DE FHC

Por ALTAMIRO BORGES - Via blog do autor -

Finalmente, a Polícia Federal - tão ágil contra o governo Dilma e tão lenta com a oposição - marcou o depoimento da ex-amante de FHC. Segundo matéria do Jornal do Brasil, a repórter Mirian Dutra, que trabalhou 35 anos na TV Globo, será ouvida no dia 7 de abril na sede do órgão na capital paulista. Na ocasião, ela terá oportunidade de comprovar as suas graves denúncias contra o ex-presidente. "Mirian Dutra afirmou que FHC pagou parte das despesas dela e do filho, Tomás, no exterior, através de uma empresa que era concessionária do governo [a Brasif SA Exportação e Importação]", lembra o jornal.

O depoimento na PF talvez obrigue a mídia oposicionista a abordar o escândalo. Quando as primeiras revelações de Mirian Dutra vieram a público, ganhando destaque na blogosfera independente, a maior parte da imprensa fez de tudo para abafá-las e o ex-presidente escondeu-se debaixo da cama. Sem ser incomodado em suas orgias patrimonialistas, nos últimos dias FHC voltou a ganhar os holofotes da mídia para exigir o impeachment de Dilma e para atacar o ex-presidente Lula. Numa das entrevistas, o cínico afirmou que o líder petista é "chefe de um bando". Em outra, o elitista questionou a nomeação de Lula para a Casa Civil. "Não é possível dirigir o país sendo analfabeto", afirmou o despeitado.

Como ele se comportará agora diante das revelações da alcova da sua ex-amante? Vai fugir outra vez para debaixo da cama? Pelo inquérito aberto na Polícia Federal no final de fevereiro, o ex-presidente será investigado por "eventuais ilícitos criminais" - inclusive pela remessa ilegal de dinheiro para o exterior. Diante do risco de condenação, FHC se finge de santo: "O que eu fiz de errado? Nada. Vocês insistem em um tema que não existe. São coisas menores". Só para refrescar a memória, das "coisas menores" já enterradas pela mídia, reproduzo três matérias publicadas na insuspeita Folha: clique AQUI e leia.