15.4.16

ATO GLOBAL EM DEFESA DOS DIREITOS DE TRABALHADORES EM FAST-FOOD REÚNE CENTENAS DE PESSOAS NA PAULISTA [VÍDEO]

Via SINTHORESP -

Nesta quinta-feira (14) centenas de trabalhadores ocuparam parte da Av. Paulista para protestar contra os abusos sofridos pelos trabalhadores de fast-food. A manifestação faz parte do Dia de Ação Global, que conta com a adesão de cerca de 40 países como França, México, Argentina, Chile e Estados Unidos. Em São Paulo o ato foi organizado pelo Sinthoresp, em parceria com as entidades que compõe a campanha #SemDireitosNãoéLegal (Nova Central Sindical, SEIU, Fertrhotel, UGT, Contracs, Contratuh e UITA).
Trajeto
Os trabalhadores concentraram-se às 10h no Vão Livre do Masp e seguiram até a loja do McDonald’s da Consolação. Na sequência, caminharam em direção ao Tribunal Regional do Trabalho, onde reforçaram as denúncias de abusos aos direitos de jovens trabalhadores e continuaram o trajeto rumo a Delegacia Regional do Trabalho, onde protocolaram documento entregue a Luiz Cláudio Marcolino, Superintendente do Trabalho de São Paulo.
Depoimentos
“A partir da denúncia apresentada pelo Sinthoresp e as centrais, faremos uma força-tarefa para combater o trabalho infantil e garantir o direito do trabalhador”  – Luiz Cláudio Marcolino, Superintendente do Trabalho de São Paulo.
“A população não sabe que ao consumir um hambúrguer no McDonald’s está fortalecendo o trabalho escravo, degradante, que compromete a vida de jovens que estão iniciando sua vida profissional. As pessoas não sabem que, por trás desse lanches, há toda essa exploração. Esta manifestação é um ato de conscientização da sociedade” – Carlos Gianazzi – Deputado Estadual.
“O Sinthoresp não vai parar! Vamos continuar sempre em frente com o nosso movimento, com a certeza de que a verdade e a justiça sempre vencem no final” Gilberto José da Silva, vice-presidente da entidade.