18.4.16

COXINHAS E MORTADELAS, SEGUNDO O DATAFOLHA, REJEITAM O MICHEL TEMER

EMANUEL CANCELLA -

O mortadela Mitã Chalfun e o coxinha Marco Aquino deram uma lição de democracia na mesa do Da Gema, famoso botequim tijucano.
O Eduardo Cunha é a vergonha nacional e internacional, capitaneado por uma mídia golpista e criminosa. E fazem o que fazem porque nossas instituições estão corrompidas: Congresso Nacional, justiça, PGR, MPF, STF e PF, todas se submeteram a uma oposição cuja maior parte da cúpula são bandidos chefiados por Eduardo Cunha. Aliás, a Justiça “avançou” pois agora além de preto, pobre e prostituta prende também petista!

Eles querem fazer com o Lava Jato o que fizeram no mensalão que condenou o PT, mas deixou de fora, sem julgamento, o PSDB e o DEM. O mensalão tucano foi anterior ao do PT e está prescrevendo sem julgamento!

No Lava Jato, eles já falam na sua extinção sem julgar os crimes do PSDB e PMDB e do governo tucano na Petrobrás. Não por acaso, a cúpula do golpe é do PSDB e PMDB!

A pesquisa Datafolha mostra que Coxinhas e Mortadelas rejeitam o Temer. Aliás, quero parabenizar os atos de massa que aconteceram, dos dois lados, de forma pacífica! O bom humor prevaleceu, principalmente na denominação de coxinha e mortadela! Vamos derrubar o muro que dividiu brasileiros e nos juntarmos, sem muro, coxinhas e mortadelas, na mesma mesa, buscando uma saída que contemple o verde, amarelo e o vermelho.

Lamentavelmente, a mídia e as instituições são complacentes, quando não são parceiros, de corruptos e golpistas, e são eles que querem nos impor figuras como Cunha e Temer. Vamos construir nas ruas, coxinhas e mortadelas, a avenida Brasil, sem muros, para nossos filhos e netos, onde transite todos os nossos sonhos e esperanças. Fora mídia golpista, Cunha e Temer!

*Emanuel Cancella é coordenador do Sindicato dos Petroleiros do Estado do Rio de Janeiro (Sindipetro-RJ) e da Federação Nacional dos Petroleiros (FNP).