16.4.16

GOLPISTA-VIGARISTA LEVOU PROPINA DE R$ 52 MILHÕES. FHC TRAI EDUARDO CUNHA E PEDE A SUA CASSAÇÃO. OEA: DILMA, SEM ACUSAÇÃO, SERÁ JULGADA POR IMPUTADOS

ILUSKA LOPES -


O famigerado presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), é alvo de uma nova denúncia às vésperas da tentativa do golpe. Em reportagem publicada no blog do jornalista Fausto Macedo, do Estadão, segundo o empreiteiro Ricardo Pernambuco, da Carioca Engenharia, ele cobrou uma propina de R$ 52 milhões em 36 parcelas pela construção do Porto Maravilha, no Rio de Janeiro. O empresário revelou em delação premiada no âmbito da Operação Lava Jato.

O delator entregou aos investigadores uma planilha revelando 22 depósitos que somam mais de US$ 4,6 milhões. Os valores teriam sido repassados entre agosto de 2011 e setembro de 2014.

O empreiteiro afirmou que "em nenhum momento Eduardo Cunha lhe disse que as contas eram de titularidade dele", mas assegurou ter "certeza de que todas estas contas foram indicadas por Cunha; que tampouco o depoente chegou a perguntar a Eduardo Cunha sobre o titular das referidas contas".

Qual a moral e credibilidade desse vigarista do colarinho branco que luta e manobra permanentemente para derrubar a presidente? O mundo assiste atônito, ao espetáculo do golpe conduzido por Cunha, que segundo o tradicional periódico estadunidense The New York Times, leva a presidente Dilma, honesta, a ser afastada por criminosos.

FHC TRAI CUNHA E AGORA PEDE A SUA CASSAÇÃO

Após uma vergonhosa e imunda aliança fechada entre o PSDB e o deputado Eduardo Cunha (PMDB), que inviabilizou o Brasil nos últimos dois anos e levou o pais à beira de um golpe que causa espanto em todo o mundo civilizado, o que foi estampado nas manchetes dos jornais New York Times e El País de ontem (15), foi que o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso defende agora que o seu partido apoie a cassação de Cunha.

"O PSDB tem de agir de acordo com o que foi descoberto pela polícia, pelo procurador e que a Justiça está encaminhando. Não tem de tergiversar. Havendo erro, tem de cassar. Até agora, o que tem aparecido é que tem muitos elementos consistentes. O PSDB deve apoiar a cassação", disse o apátrida espertalhão. Mas mesmo assim, FHC, um dos ideólogos do golpe contra Dilma, segue defendendo o impeachment liderado por Cunha na Câmara.

OEA: DILMA, SEM ACUSAÇÃO, SERÁ JULGADA POR IMPUTADOS

Durante encontro com a presidente Dilma Rousseff nesta sexta-feira, o secretário-geral da Organização dos Estados Americanos, Luis Almagro, se manifestou contra o impeachment alegando "falta de certeza jurídica para as acusações" e inconsistência no pedido.

"Do ponto de vista ético, encontramos algo que nos chama profundamente a atenção. Aqui temos uma pessoa que não tem nenhuma acusação, imputação, julgamento, e encontramos entre os que vão julgar imputados, indagados, julgados", disse.

E como já vimos, até o maior jornal do mundo capitalista, The New York Times, apontou que Dilma, honesta, está sendo julgada por criminosos como Eduardo Cunha, que, nesta sexta-feira, foi denunciado por mais um delator, que o acusou de receber propina de R$ 52 milhões em 36 parcelas. O maior de todos os golpistas-vigaristas da atualidade chama-se Eduardo Cunha. Alguma dúvida.

*Informações do Brasil247, ABr e The New York Times.