13.4.16

JOGOS OLÍMPICOS TERÃO TRABALHO ESCRAVO

MIRSON MURAD -


Serão 50 mil trabalhadores sob regime de trabalho escravo nas Olimpíadas no Rio. A organização do evento, orgulhosamente, declara esses trabalhadores como "voluntários".

Entretanto, trabalhar sem remuneração e registro em carteira por 2 dias  ou mais, não é permitido pela Lei Trabalhista.

Assim como durante  Copa do Mundo de Futebol, ou melhor, da FIFA, quando também milhares de pessoas foram exploradas, sem remuneração, o Ministério do Trabalho "se fechará em copas" e nada fará para coibir e punir os transgressores da lei, durante os Jogos Olímpico 2016.

Quem viver, verá...

A CULTURA DO CONY

O colunista e escritor Carlos Heitor Cony sempre me passou uma imagem de homem culto, probo e de bela postura.

Entretanto, nos últimos dias, Cony escreveu, exatamente na Semana Santa, ocasião para reflexão, alto-censura e uma busca maior de vida cristã mais pura, uma grosseria de baixíssimo nível, parecendo "papo de botequim", dirigida ao Lula e à presidenta Dilma (governante maior do País e mulher), o que me trouxe muita indignação e decepção dessa figura.