4.4.16

TOMA VERGONHA NESSA CARA!

MIRSON MURAD -


O larápio confesso, aquele que disse em plenário do Congresso; "Eu levei R$4 milhões de propina (roubo) sim!". Levou uma surra de "um armário" e ficou com a cara bastante amarrotada, foi preso e condenado... mas não tomou vergonha na cara.

Roberto Jefferson, agora beneficiado com perdão desse crime (deve haver ainda um montão deles para ser exposto e julgado), cinicamente, dá entrevista elogiando um colega de crimes, o Cara de Cunha.

O "ficha suja" ainda tem o descalabro de declarar que vai assumir a presidência do PTB que está nas mãos de sua filhota, sua porta-voz.

O partido é dele, quem manda e desmanda (desmanda é o termo mais apropriado) é ele. "E tenho dito!" Alguém no PTB tem a ousadia de contestar?