12.5.16

GLOBO GOLPISTA!

EMANUEL CANCELLA -


A Globo apoiou e cresceu à sombra da ditadura de 1964. E, de forma corrupta, usou por 21 anos  o satélite da Embratel sem pagar um tostão.

A Globo, na primeira eleição direta, criou o candidato Fernando Collor de Mello que iria colorir o Brasil, mas na verdade a Globo queria barrar a chegada do operário Lula ao poder. A Globo manipulou a eleição de 1988 para derrotar Lula, entre outras aberrações, apresentando no Fantástico e no Jornal Nacional os melhores momentos de Collor no último debate eleitoral. Isso no momento que o TSE proibia a propaganda eleitoral!

Na eleição de 2014, a Globo também contrariou decisão do TSE que proibiu a matéria mentirosa que dizia que Lula e Dilma sabiam da corrupção na Petrobrás, por entender que era propaganda do outro candidato. A Globo, mais uma vez, contrariou o TSE e colocou no ar a matéria na véspera da eleição  no Jornal Nacional, mas não adiantou pois, mesmo assim, o tucano Aécio Neves foi derrotado por Dilma.

Agora A Globo é a principal patrocinadora do impeachment  que pretende tirar Dilma. O golpe é alardeado pelo mundo e só nossas autoridades não enxergam! Na verdade, nossas autoridades como o presidente do TSE, Gilmar Mendes, está a favor do golpe, inclusive já declarou isso publicamente.

A maioria do povo assiste à Globo com alegria e não sabe que, com isso, alimenta a inimiga número um do Brasil. A Globo levou Getúlio Vargas ao suicídio, um dos maiores presidentes que o país conheceu, inclusive criador da Petrobrás, com a farsa de que havia no Brasil “Um mar de lama”.

A Globo destruiu a carreira política de Leonel de Moura Brizola, um dos maiores líderes que o país já conheceu, com as mesmas armas que agora quer destruir Lula, o presidente operário que saiu do segundo mandato com mais de 80% de aprovação de seu governo. Para a Globo,  Getulio, Brizola e Lula não prestam, mas ela se alia à Ditadura, a Collor, Eduardo Cunha,  Renan Calheiros e Michel Temer, o líder do golpe.

A Globo sempre quis entregar a Petrobrás aos gringos. Aliás, essa foi a principal causa do suicídio de Vargas. A Globo  também fez campanha no governo de FHC pela privatização da Petrobrás, comparando a Petrobrás a um paquiderme e chamando os petroleiros de marajás. A Petrobrás desenvolveu tecnologia inédita no mundo, o que permitiu a descoberta do pré-sal, que já produz um milhão de barris por dia e garante o abastecimento da nação pelo menos nos próximos 50 anos. Mesmo assim a Globo tenta manchar a imagem da companhia para permitir sua entrega a preço de banana,  como fizeram com a Vale do Rio Doce, a maior mineradora de ferro do mundo. Para que não restem duvidas, é da Globo o editorial: “ O pré-sal pode ser patrimônio inútil.”

A Globo, para destruir a Petrobrás, aliada à operação Lava Jato, cujo juiz Sérgio Moro foi  até premiado pela emissora, há mais de um ano vem diariamente denunciando a corrupção na Petrobrás. Vários diretores foram presos, o dinheiro roubado foi confiscado, o que toda a sociedade aplaude, entretanto a sociedade tem que saber que a Globo e Lava Jato não querem acabar com corrupção na Petrobrás, eles querem entregar nosso petróleo aos gringos.

Se quisessem acabar com a corrupção na Petrobrás tinham que investigar o governo tucano de FHC, várias vezes denunciado na Lava jato, e não é investigado, nem quando o próprio FHC reconheceu em seu livro que havia corrupção na Petrobrás, em seu governo. Que combate a corrupção é esse que nenhum tucano denunciado foi preso pela operação Lava Jato? Os senadores Antonio Anastasia, Aluisyo Nunes e Aécio Neves, este denunciado cinco vezes, continuam dando lição de moral?

E por que escândalos como Zelotes, Swssleaks, Fifa e Panamá Papers,  que envolvem valores muito maiores que a Petrobrás, não estão sendo investigados e nem tem ninguém preso? E sabe por que isso não acontece? O principal motivo é porque a Globo está envolvida na maioria desses escândalos!

O combate à corrupção só vale contra o PT, Lula e Dilma. Para aqueles que acham que todos os partidos e empresas também vão ser processados e presos, vejam o que aconteceu com o mensalão do PSDB, que foi anterior ao do PT, e está prescrevendo sem julgamento.

E a Globo, como principal patrocinadora do golpe contra Dilma, vai mais uma vez ficar livre de qualquer investigação e conspirando contra qualquer governo popular, como fez com Getulio, Brizola, Dilma e Lula!

*Emanuel Cancella é coordenador do Sindicato dos Petroleiros do Estado do Rio de Janeiro (Sindipetro-RJ) e da Federação Nacional dos Petroleiros (FNP).