25.5.16

LAVA JATO - MILÍCIA A SERVIÇO DO PSDB E DA GLOBO

EMANUEL CANCELLA -


O vazamento da gravação da conversa do ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado, com o ministro Romero Jucá não veio da Lava Jato, veio do próprio Machado para um jornalista da Folha. Se dependesse da lava Jato, essas conversas nunca viriam a público,  pois Temer conta com apoio da Globo, e a Lava Jato é a milícia da Globo e do PSDB. Sérgio Machado, que foi denunciado na Lava Jato, ameaça trazer também a público as gravações com Jose Sarney e Renan Calheiros.

Eu, como a maioria dos brasileiros, sou a favor de colocar todos os bandidos na prisão: políticos de todos os partidos, empresários, banqueiros, juízes, procuradores e donos da mídia no país.

A lava Jato tem o apoio da Globo que premiou o chefe da operação Sérgio Moro, que, por sua vez, blinda os tucanos. Nenhum tucano foi preso pela operação Lava Jato apesar das denúncias. Foram delatados os senadores Antonio Anastasia, Aluysio Nunes e Aécio Neves, este por 5 vezes. E o governo de Fernando Henrique Cardoso, na Petrobrás, já foi delatado várias vezes, e ainda, o próprio FHC, em seu livro, Diários da Presidência,  reconheceu que havia corrupção na Petrobrás em seu governo.  Quem realmente quer acabar com a corrupção não protege corrupto, seja quem for ou a qual partido pertence!

O ex-ministro, José Dirceu foi preso no mensalão e agora foi condenado a 23 anos pelo juiz Moro, entretanto o Mensalão do PSDB, anterior ao do PT, não foi julgado e está prescrevendo. Essa história de que a Lava Jato vai pegar todos é história para boi dormir!

A Lava Jato veio ao Rio de janeiro fazer busca na Petrobrás mas não passou no Jardim Botânico, na Globo, para prender os irmãos Marinho que são sonegadores, praticantes de lavagem de dinheiro e corruptos.  E golpistas!

A Lava Jato engana a sociedade quando quer passar a ideia de que pretende acabar com a corrupção, na verdade a Lava Jato é  milícia da Globo e do PSDB que só quer mesmo é manchar a imagem da Petrobrás e do PT.

Não dá para acreditar em nossa Justiça quando escândalos muito maiores que o da Petrobrás, como o Zelotes e o Swssleaks, estão em banho Maria e, quando forem julgados, se é que vão, os crimes já prescreveram como o mensalão tucano.

Na Zelote, está a Gerdau, BankBoston, Mundial-Eberle, Ford, Mitsubishi, Banco Santander, Bradesco, Banco Safra e o Grupo RBS, afiliado da Rede Globo no Rio Grande do Sul. E na  Swssleaks a Globo, Band, Folha, TV Verdes Mares, Grupo Edson de Queiros, Jovem Pan, Gazeta mercantil, Transamérica, Rede Massa, etc.

Você assistiu à devassa nessas empresas, prisão de executivos delas? Claro que não! Eles querem manchar a imagem da Petrobrás para facilitar sua privatização, como fizeram com a Vale do Rio Doce, a maior mineradora de ferro do mundo vendida no governo de FHC a preço de banana. E ainda detonar o PT para aprovar o fim do governo Dilma e barrar a candidatura de Lula em 2018!

O presidente americano, Abraham Lincon, usou uma frase que se encaixa plenamente na conjuntura atual do Brasil: “Você pode enganar uma pessoa por muito tempo; algumas por algum tempo; mas não consegue enganar todas por todo o tempo!”.

*Emanuel Cancella é coordenador do Sindicato dos Petroleiros do Estado do Rio de Janeiro (Sindipetro-RJ) e da Federação Nacional dos Petroleiros (FNP).