17.5.16

NOVA DIRETORIA ASSINA ATA DE POSSE DO SINPOSPETRO CAMPINAS

Via FENEPOSPETRO -

A nova diretoria do Sinpospetro Campinas, eleita durante o pleito dos dias 22 e 23 de março deste ano, esteve reunida na tarde da última sexta-feira (13) na sede da entidade, para assinatura da Ata de Posse do sindicato. Um evento de solenidade ao ato está programado para acontecer no final do mês de junho. Será no hotel Fonte Santa Thereza, em Valinhos –SP, localidade a 10 km de Campinas.

A leitura da Ata foi realizada pelo Dr. Paulo César Flaminio, advogado integrante do corpo jurídico da Federação Nacional dos Frentistas. Acompanhou a descrição acerca das funções de cada um dos 23 membros da nova diretoria o Dr. Igor Fragoso Rocha, um dos advogados do Sinpospetro Campinas.

O presidente reeleito, Francisco Soares de Souza, parabenizou a nova diretoria e destacou o aumento da  participação feminina no novo quadro, agora com 5 representantes do gênero, e em seu discurso deu ênfase à importância da integração e união, para o objetivo comum que é o de lutar pelos direitos dos trabalhadores: “Unidos já é difícil, com divisão fica impossível” lembrou. Ele destacou  a  necessidade de maior companheirismo entre a categoria: “Estamos num momento difícil na política e na economia, e é na dificuldade que a gente mais precisa da força e  do comprometimento de cada um” analisou. O líder sindical aproveitou ainda para explicar os diferenciais da que exige a atividade de sindicalista: “ Não é como ter um emprego com estabilidade, é uma missão,  esse ofício tem que estar no sangue” pontuou.

CAPACITAÇÃO

Ao ressaltar que a capacitação dos integrantes sindicais deve ser constante,o presidente sindical  revelou que pretende, antes da data do evento de Posse, levar à toda equipe do sindicato uma palestra sobre Ética e Prática Sindical. Anunciou ainda que planeja implementar no sindicato uma agenda fixa de cursos voltada à formação profissional para familiares dos frentistas e a população em geral.  Soares também afirmou para o grupo que cada um ali está diante da oportunidade de fazer história, e citou como exemplo a trajetória de alguns dos nomes que hoje figuram entre as principais lideranças da categoria em todo o país: “Como qualquer pessoa, eles tiveram de iniciar de algum ponto, mas com inteligência e trabalho conquistaram espaço” contou.

Para Francisco Soares de Souza, toda a categoria tem que estar atenta em formar e identificar lideranças sindicais com capacidade para “dar prosseguimento à luta do trabalhador ao brasileiro”, Francisco comentou a respeito da alteração, pela categoria, do novo estatuto da Federação Nacional, que dentre outras mudanças, aprovou a redução de 6 para 4 anos para os mandatos relativos à entidade. Com a reforma do Estatuto, a eleição para a nova diretoria da Fenepospetro acontecerá ainda em 2016: “Daqui a uns 4 meses, no máximo”, adiantou. Segundo Francisco Soares, as novas normas têm por objetivo a renovação de ideias para a melhoria contínua da questão da representatividade e organização da categoria por todo o país: “ Eu vou passar o a bastão  porque a luta não pode parar; Tem muita gente competente e capaz à dar esse continuidade à nossa missão”concluiu o atual presidente da Fenepospetro.

*Assessoria de Imprensa – Fenepospetro- Leila de Oliveira.