30.6.16

A GLOBO COMEÇA A COBRAR A FATURA, PARA NÃO DEIXAR DÚVIDAS DE SEU APOIO AO GOVERNO GOLPISTA DE MICHEL TEMER

EMANUEL CANCELLA -


A Globo apoiou o golpe contra Getulio Vargas, João Goulart e contra Dilma. Em 1964, a Globo apoiou a ditadura militar, que durou vinte e um anos. Essa ditadura perseguiu, prendeu, torturou e matou civis e militares. Entre outras benesses, em troca pelo apoio dos governos militares, a Globo utilizou, por mais de vinte anos, o satélite da Embratel sem pagar nada.

Fica a mensagem, principalmente para os jovens que não viveram essa época, mas cujas vítimas em alguns casos foram seu pais, amigos da família e parentes, na verdade a Globo cresceu em cima dos cadáveres e da dor das vítimas da ditadura.

Depois a Globo fez autocrítica do apoio aos militares, como se isso pudesse trazer de volta os anos em que os brasileiros tiveram a liberdade cerceada, os mortos, aliviar a dor da tortura, e apagar a angústia e a dor dos perseguidos, alguns tendo que ir viver em outros países.

Agora a Globo, que é a principal patrocinadora do golpe que tirou Dilma Roussef, começa a mostrar por que tinha que tirar a presidenta do poder e colocar o interino, golpista, Michel Temer. Isso porque  agora a Globo começa a cobrar a fatura do apoio ao golpe:

Jornal GGN - Fernando Brito, do Tijolaço, em 29/06, comenta o decreto assinado pelo presidente interino Michel Temer que autorizou "a transferência indireta da concessão" da Rede Globo nas principais capitais do Brasil. O objetivo seria permitir que a Globo possa trazer novos sócios para seu quadro, incluindo possíveis empresas estrangeiras.

Assim como fez autocrítica do apoio ao golpe militar;  nunca o fez do apoio ao governo de Fernando Collor de Mello, do qual foi criador e o principal algoz. Anotem o dia de hoje, no desmonte inevitável do governo golpista de Michel Temer, a Globo vai fazer autocrítica.

Pois é, a Globo, além de apoiar e crescer à sombra dos golpes, é sonegadora e corrupta porque está comprovadamente envolvida no Swssleakes e Panamá Papers, e ainda tem o instinto do escorpião, da traição, que o digam os militares e Collor. Que se prepare o golpista e também traidor Michel Temer, a Globo vai te trair!

*Emanuel Cancella é coordenador do Sindicato dos Petroleiros do Estado do Rio de Janeiro (Sindipetro-RJ) e da Federação Nacional dos Petroleiros (FNP).