27.6.16

A MÍDIA FALA DO FILHO, DA NORA, DA CUNHADA DO COMPADRE, DO AMIGO, DO SOBRINHO DO LULA, QUERO VER FALAR DA MULHER DO JUIZ SERGIO MORO!

EMANUEL CANCELLA -


A advogada, Rosângela Moro, mulher do Moro, faz parte do grupo de advogados da Máfia das Falências, que envolveu mais de cem empresas dando rombo de bilhões no Paraná. (vide links abaixo). A mulher de Moro também trabalha para o PSDB e para empresas multinacionais de petróleo, concorrentes diretas da Petrobrás, que está sendo investigada (ou atacada) pelo marido. E o estarrecedor disso tudo: são justamente o PSDB e as multinacionais do petróleo os mais beneficiados pela investigação de Moro! E a mídia finge que não sabe!

A lava Jato vaza seletivamente as delações, e nada acontece, porém, o deputado Fabio Camargo (PTB), quando vazou esse processo que envolve a mulher de Moro,  chegou a ser ameaçado de prisão, através de processo do MP. Por que será que o MP se cala quanto aos vazamentos seletivos do Moro?  Na época, saiu até um livro sobre o esquema desbaratado pela CPI, no qual o título é “Poder, Dinheiro e Corrupção: Os Bastidores da CPI das Falências”, obra escrita pelo deputado Fabio Camargo (PTB), autor e presidente da CPI. Já que querem esconder, fica aqui o convite ao deputado de fazer o lançamento de seu livro no Rio, no Sindipetro-RJ!

Essa mesma mídia fala mal da Petrobrás, o tempo todo e escondem que nenhuma empresa oferece ao país o que a Petrobrás concede aos brasileiros: que além de abastecer de combustível o país, ininterruptamente por 52 anos, faz do Brasil autossuficiente  no petróleo, no mínimo nos próximos 50 anos. Isso não é qualquer coisa, já que o petróleo é motivação para as guerras contemporâneas. Também esconde que a Petrobrás participa com 13% no nosso PIB; que financia 80% das obras do país com o impostos que paga, representando milhões de empregos. E que nenhuma empresa investe mais que a Petrobrás em cultura!

A Petrobrás, a despeito de nossa mídia, é talvez a empresa de petróleo mais respeitada no mundo. A Petrobrás recebeu, em função da tecnologia inédita no mundo do pré-sal, pela terceira vez, o óscar da indústria do petróleo da maior autoridade do setor, a OCT C Distinguished AchievementAward for Companies); além disso a Petrobrás, em 2010, fez a maior capitalização do planeta,  de todos os tempos, arrecadando R$ 120 BI. Lembrando que a descoberta do pré-sal só foi possível graças ao uso de tecnologia inédita no mundo, desenvolvida no Cenpes, Centro de Pesquisa da Petrobrás. Essas maravilhas a mídia não diz, por exemplo, a divulgação do premio OCT só foi possível com matéria paga em o Globo. E isso não é por acaso, eles falam mal da Petrobrás, todo dia e o dia todo, querendo convencer que almejam acabar com a corrupção, mas na verdade querem é desmoralizá-la, com o objetivo único de entregar a Petrobrás mais barata aos gringos, seus clientes! Como fizeram com a Vale do Rio Doce, a maior mineradora de ferro do mundo, desmoralizada e depois vendida a preço de banana.

A mídia, que cobre a Lava Jato,  acha normal a blindagem aos tucanos! Se a mídia estivesse interessada em acabar com a corrupção não protegeria os maiores corruptos! Nada acontece com FHC, apesar se seu governo ter sido várias vezes citado em delação, como envolvido em corrupção na Petrobrás. E os senadores tucanos, Antonio Anastasia, Aluysio Nunes e Aécio Neves, todos delatados,  Aécio por mais de cinco vezes, e sequer são denunciados! Cadê prisão para eles?  Nem mesmo FHC confessando, em seu livro, Diários da Presidência, que havia corrupção na Petrobrás! Cadê o Moro, tão implacável? Por que quando é tucano faz vista grossa? O combate à corrupção, tão exaltado pela mídia, resultou agora, com Temer, no governo golpista, no governo mais corrupto da República! E pasmem! A sociedade, que já abominava os crimes do colarinho branco, assiste agora, diretamente da Lava Jato, aos presos em suas mansões luxuosas, compradas e financiadas com dinheiro da corrupção, com o grande sofrimento da coleira no tornozelo!

A sociedade teve que conviver diariamente no Jornal Nacional e o Fantástico, da Globo,  com pedalinhos, barcos sem motor, sítio e triplex que todo mundo sabe que não eram de Lula, agora quer saber mais sobre os autores da denúncia. Que tal começar pela mulher de Moro? Fizeram busca no apartamento da mulher do ex ministro preso, Paulo Bernardo, senadora Gleisi Hoffmann, por que não podem investigar a mulher de Moro.

E já que dizem combater a corrupção, que tal  ser implacável também com corrupção até  maior do que a da Petrobrás? Poderiam mandar investigar e prender, por exemplo, os envolvidos no Swssileaks, escândalo de lavagem de dinheiro em contas no banco HSBC da Suiça, que envolve entre outras empresas de comunicação, a Globo, a Band, a Folha, a editora Abril responsável pela revista Veja, Jovem Pan e TV Massa do apresentador ‘Ratinho’.

Fonte da denuncia:

*Emanuel Cancella é coordenador do Sindicato dos Petroleiros do Estado do Rio de Janeiro (Sindipetro-RJ) e da Federação Nacional dos Petroleiros (FNP).