30.6.16

CACHOEIRA É PRESO EM OPERAÇÃO CONTRA LAVAGEM DE DINHEIRO, CAVENDISH ESTÁ FORAGIDO

REDAÇÃO -


A Polícia Federal (PF) deflagrou nesta quinta-feira, 30, a Operação Saqueador. O empresário Carlinhos Cachoeira foi preso no condomínio de luxo em que mora, em Goiânia. Também há mandados de prisão contra Adir Assad e Fernando Cavendish, que é ex-presidente da empreiteira Delta Construções S/A; Cavendish está fora do Brasil e já consta da lista de foragidos da Interpol.

Além de Goiás a operação também está sendo realizada no Rio de Janeiro e São Paulo. Segundo o MPF, 96,3% do faturamento da Delta entre 2007 a 2012 era oriundo de verbas públicas, um total de quase R$ 11 bilhões. Os envolvidos, "associados em quadrilha", usaram empresas fantasmas para transferir cerca de 370 milhões reais, obtidos pela Delta por meio de crimes praticados contra a administração pública, para o pagamento de propina a agentes públicos.

O Ministério Público Federal (MPF) no Rio de Janeiro denunciou Cavendish, Cachoeira, Adir Assad e outras vinte pessoas por envolvimento em um esquema de lavagem de dinheiro público. Carlinhos Cachoeira chegou a ser preso em 2012 na Operação Monte Carlo, acusado liderar uma quadrilha de jogos de azar em Goiás e no Distrito Federal. O juiz responsável pelo caso é Marcelo Bretas, da 7ª Vara da Justiça Federal do Rio de Janeiro. A última condenação foi no dia 23 de setembro, pelo crime de violação de sigilo funcional, com pena de três anos de prisão.

Leia também - assessoria de Comunicação Social do Ministério Público Federal (MPF) no Rio de Janeiro: