9.6.16

JUIZ SÉRGIO MORO: LIMPINHO, NÃO SÓ LAVA A JATO COMO RESPEITA O MEIO AMBIENTE

EMANUEL CANCELLA -


Depois de tanto criticar o juiz Moro, captei, divino mestre! Como diria o aluno da escolinha do professor Raimundo! Entendi o porquê de a operação Lava Jato blindar os tucanos: trata-se de ave silvestre e como tal não pode ser capturada. Nada fazem com os delatados na operação, os senadores tucanos Antonio Anastasia, Aluysio Nunes, Aécio Neves, este cinco vezes delatado. E ainda o governo de FHC na Petrobrás que, além de várias vezes denunciado em delação, o próprio FHC admitiu em seu livro, Diários da Presidência, que havia corrupção na Petrobrás, em seu governo. E agora, para não deixar qualquer dúvida, há a denúncia envolvendo o filho de FHC estampada na Folha de 02/06/16: “Petrobras orientou negócio com firma ligada ao filho de FHC, diz Cerveró”

Não sei por que os delegados e procuradores e o próprio juiz Moro, com tanto espaço na imprensa, não abriram o jogo para a sociedade. Isso poderia ser matéria do programa Fantástico, da Globo. Imagine a emissora, que deu o premio ao juiz Moro, como homem que faz a diferença, agora ia matar a cobra e mostrar o pau. Além de juiz aplicado, Moro se preocupa com a fauna.

A sociedade assiste estarrecida ao tratamento dado aos tucanos pela Lava Jato. E ficou ainda mais constrangedor quando o delegado da PF declarou (blog Tijolaço 4/2): “Eu não acho que exista um combate à corrupção, existe uma guerra declarada ao Partido dos Trabalhadores”. Quem diz a frase,  dita com a ressalva de que “não sou PT”  e “não gosto de muita coisa no PT” é o delegado aposentado Armando Coelho Neto, ex-presidente da Associação de Delegados da Polícia Federal.”

A Lava Jato condenou o ex-ministro da casa Civil do governo Lula, Jose Dirceu, a 23 anos, mas e os outros?. A imprensa não diz, mas o parecer para prisão de Dirceu na AP 470, também conhecida como  Mensalão, veio da ministra Rosa Weber, assistida pelo próprio juiz Sérgio Moro: Não tenho prova cabal contra Dirceu  mas vou condená-lo porque a literatura jurídica me permite”.

Para condenar Dirceu não precisou de prova E a sociedade ludibriada acreditou que depois do mensalão do PT viria investigação no mensalão do PSDB e do DEM e todos seriam presos também. Santa inocência! O mensalão tucano, anterior ao do PT  está prescrevendo sem julgamento. Se essa turma estivesse preocupada com a corrupção investigaria todos e não ficaria protegendo os tucanos, os maiores corruptos, mas imexíveis!

A gana por justiça do juiz Moro é tanta que, na 17ª fase da Lava Jato, foi atrás da mãe de Dirceu, dona Olga Guedes da Silva ,de 94 anos, e seqüestrou sua casa. Mas cadê trancafiar tucano?

Diante do silêncio que enaltece ainda mais a Lava Jato, trago a público a explicação para blindagem dos tucanos: Tucano não pode viver na gaiola, pois,  em caso de transgressão à lei, o crime é inafiançável e imprescritível!

*Emanuel Cancella é coordenador do Sindicato dos Petroleiros do Estado do Rio de Janeiro (Sindipetro-RJ) e da Federação Nacional dos Petroleiros (FNP).