28.6.16

O SINDICATO DOS COMERCIÁRIOS DE SÃO PAULO ESTÁ EM PLENA CAMPANHA SALARIAL 2016/2017. É TEMPO DE MOBILIZAÇÃO!

Via SINDICATO DOS COMERCIÁRIOS-SP -


Hoje, estivemos no Shopping Morumbi, na zona sul da capital. Passaremos por todas as regiões da cidade, mobilizando o trabalhador a fazer valer seus benefícios.

"Vamos, mais uma vez, mostrar ao setor patronal o quanto a categoria comerciária é unida e está disposta a lutar por seus direitos. As ações é para que os patrões sejam flexíveis e ágeis nas negociações. O que está em jogo é o direito e a dignidade de 500 mil trabalhadores do comércio", afirma Ricardo Patah, presidente do Sindicato.

A próxima mobilização será no dia 30/06, a partir das 6h, na Estação Brás do Metrô.

Passo a Passo da Campanha 2016/2017

A Campanha foi lançada pelo Sindicato dos Comerciários de São Paulo no dia 6 de maio. Durante uma semana, além das urnas para votação na sede, subsedes e no Ambulatório, nossa entidade levou às ruas urnas itinerantes para coletar votos dos comerciários e definir as cláusulas da pauta de reivindicações. No total, foram cerca de 14 mil votos.

Já no dia 24 de maio, em Assembleia Geral na sede do Sindicato, a pauta foi aprovada.

Em 2 de junho, entregamos a pauta à Fecomercio-SP, ou seja, ao setor patronal.

As principais cláusulas da pauta de reivindicações são:

- reajuste do INPC + aumento real
- vale-refeição e alimentação
- cesta básica
- PLR (Participação nos Lucros e Resultados)
- saúde e segurança do trabalhador
- valorização do piso da categoria
- vale-cultura

O próximo passo é ter um retorno da Fecomercio-SP, após análise da pauta, sobre o cumprimento das cláusulas propostas.

A data-base, ou seja, o limite para que patrões e empregados se reúnam para regulamentar os direitos da categoria para os próximos 12 meses, é em setembro. Mas esperamos que a questão se resolva o quanto antes. Para isso, estamos fazendo nossa parte e contamos com o apoio de cada comerciário nessa luta.

Vamos atrás dos nossos direitos como trabalhadores, cidadãos, estudantes, pais e mães de família.