6.6.16

PARCERIA ENTRE FEPOSPETRO E REDE FRANGO ASSADO AMPLIA PROJETO DE PREVENÇÃO AO BENZENO

Via FENEPOSPETRO -


A Federação Estadual dos  Frentistas de São Paulo – Fepospetro e a  Rede Frango Assado firmaram parceria para  ampliar as ações de  Prevenção à Exposição Ocupacional ao Benzeno, iniciativa do sindicato,  à categoria de todo o estado, onde estão presentes 16 sindicatos. A Rede Frango Assado possui em São Paulo dezoito Postos de Gasolina, no qual atuam aproximadamente 270 trabalhadores. Participaram do encontro realizado no último dia 02, na Fepospetro, Raimundo Nonato de Sousa e Armando Coelho Silva, respectivamente secretário de Saúde e diretor da Fepospetro, além de  José Maria F. de Lima, presidente do Sinpospetro de Osasco. Pela  empresa, estiveram presentes Francisco Pereira, Consultor em Segurança do Trabalho e Fabiana Kwai, Gerente de Recursos Humanos. Durante a  reunião,  a empresa se comprometeu também   em  apresentar à Fepospetro, num prazo de 30 dias, resposta ao pedido de adequação do preenchimento de documentos de histórico- laboral individual de trabalhadores da  categoria. De acordo com Raimundo, um novo encontro para debater o assunto  reunirá na  Fepospetro, junto a Luíz Arraes,  lideranças da categoria cujas bases possuem  Postos da Rede Frango Assado. O encontro em que será apresentado o cronograma das atividades  deverá  ocorrer nos próximos 15 dias, data-limite para a entrega, pela empresa, da lista e ordem em que os postos receberão os cursos que à princípio serão ministrados  no  centro de treinamento da unidade  de Sumaré-SP ( a 20 km de Campinas-SP).

O PROJETO: Resultado de parceria entre o  Sinpospetro-Campinas  com Sindicato dos Médicos de Campinas e Região- Sindimed,  a iniciativa que visa reduzir a contaminação pelo benzeno entre os   frentistas e também consumidores já beneficiou em 5 meses de atividades mais de 100 trabalhadores de  Campinas-SP. Ministrado pelo médico sanitarista Pedro Tourinho e por  Raimundo Nonato de Souza,(Biro), o curso  inclui  apresentação, seguida de debate,  do  vídeo “Frentista, Olha o benzeno na Pista” e explicação sobre  como ocorre a  contaminação  e maneiras de diminuir o grau de exposição à substância química e cancerígena  presente nos combustíveis.  Ao final do curso os trabalhadores recebem  exemplares da cartilha “ Benzeno: um Risco à Saúde” ,elaborada em conjunto pelas duas entidades. No próximo dia 8 de junho, receberão o  Curso de Prevenção à Exposição Ocupacional ao Benzeno” 64 trabalhadores (as) de 4 postos de combustíveis da cidade. A atividade será ministrada nas instalações da RECAP- (Sindicato Patronal). “A prevenção é o único meio de evitar a contaminação” explica Biro.

*Assessoria de Imprensa Sinpospetro Campinas-SP – Leila de Oliveira.