25.6.16

PEZÃO NOS TRASEIROS E DOR NELLES; SÓ OS CRÁPULAS FAZEM ISSO, QUEREM ENTREGAR NOSSO PRÉ-SAL AOS INTERESSES ALIENÍGENAS

MIRSON MURAD -


Os governadores do Estado do Rio de Janeiro, Pezão e Dornelles, estão se lixando para o povo fluminense.

O caos absoluto, "miséria pouca é bobagem", está deitando e rolando em nosso Estado. Falta tudo. Os funcionários (burocratas, da Saúde, Educação, Segurança, Social, transportes, aposentados...)  - todos - absolutamente todos - estão à míngua. São milhares desabrigados.

A insensibilidade monstruosa desses políticos que viram as costas para todos, especialmente para o mais humildes, dá nojo.

Não há dinheiro para nada, dizem eles, mas sobra verba para garantir, religiosamente em dia, os polpudos salários deles e sua imensa equipe de secretários, sendo a maioria totalmente desnecessária.

É um Pezão nos traseiros da população, maltratando todos do sofrido povo com a Dor nelles.

SÓ OS CRÁPULAS FAZEM ISSO

Querem entregar nosso pré-sal aos interesses alienígenas, conquistado a duras penas, após décadas de pesquisas e tecnologia desenvolvida pela Petrobrás, com altos investimentos. De roldão, de mãos beijadas, eles levarão todos esses nossos estudos... Só crápulas fazem isso.

Disfarçam sua traição à pátria alegando que a Petrobrás está convalescendo e sem condições de cuidar de tudo sozinha. A estatal fechou o último ano com R$100 bilhões em caixa. Projeta extrair até o final de 2017 mais 1 milhão de   barris de petróleo no Pré-sal... Só os crápulas não vêem isso.

Com os preços baixos no mercado internacional do petróleo, o bom senso recomenda guardarmos nossas reservas para um futuro mais promissor, não vender tudo agora... Só os crápulas, vendilhões do Brasil, discordam.

Todos os países, grandes produtores de petróleo, utilizam-se de suas estatais no controle e exploração desse ouro negro... Entretanto, esses crápulas, traidores na nação brasileira, querem impedir a Petrobrás de prosseguir em sua vitoriosa caminhada.

Esse escriba de vocês não está sozinho nessas conclusões. Foram ouvidos os  nossos grandes especialistas como o maior de todos nessa área, Dr. Luís Pinguelli Rosa.

E o povo brasileiro, vai fazer o quê?  Vai ficar de braços cruzados, sentado na poltrona assistindo o golpe em marcha, com o impeachment da presidenta Dilma e, consequentemente, ser concretizado esse crime de lesa-pátria?

Assim dizia Santo Agostinho: "Unde Malum" (de onde vem o mal)

*Mirson Murad, colaborador da TRIBUNA DA IMPRENSA ONLINE, escreve originalmente seus artigos no blog Notícias em Análise.