28.6.16

TENTANDO SE POPULARIZAR TEMER DÁ ENTREVISTAS, NÃO DIZ NADA. MAS SONHA COM O FUTURO. LACERDA E JK, PRESIDENTES, MUDARIAM O PAÍS

HELIO FERNANDES -

Faz o possível e o impossível para se destacar, não consegue. Deu entrevista á Globo News, normalmente é de 30 minutos, anunciaram fartamente, "será de uma hora". Deviam ter reduzido para 15 minutos. Foi no dia 21, no dia 24 já haviam repetido varias vezes, repercussão zero. Dois dias depois, outra "palestra" ao impresso, o mesmo distanciamento do fato e do publico.

No áudio, só o tom habitual do ex-vice, entre pretensioso e presunçoso, considerando que sua palavra, escrita ou falada, está acima de tudo. A primeira pergunta, corretamente, era sobre a razão da carta á presidente, se confessando "decorativo". E a complementação obrigatória: "E por que a publicação imediata de um documento que deveria ser particular e sigiloso?".

Leia mais na COLUNA