1.6.16

UGT PARTICIPA DA 105ª CONFERÊNCIA INTERNACIONAL DO TRABALHO

Via UGT-


Mais de 6 mil pessoas, entre representantes de Governos, trabalhadores e empresários, estão reunidas em Genebra, na Suíça, na 105ª Conferência Internacional do Trabalho. O presidente da CONTEC, coordenador do FST e diretor de Relações Internacionais da UGT Brasil, Lourenço Prado, participa do evento, que vai debater até o dia 10 de junho, o trabalho decente nas cadeias mundiais de produção.

O evento deverá focar na apresentação final de um relatório sobre o tema, bem como acerca do Trabalho Decente para Paz, Segurança e Revisão da Recomendação nº 71 da OIT (1944).

As delegações brasileiras devem se pronunciar no próximo dia 08 de junho, quando está previsto também um discurso do ministro do Trabalho do Brasil. “Nossa delegação está trabalhando muito bem. Na Comissão de Aplicação de Normas, da qual participo, já foram analisados os Informes dos especialistas da OIT sobre UNESCO (educação) e TRABALHADOR MIGRANTE”, informou Lourenço Prado.

SOBRE O EVENTO - A Conferência Internacional do Trabalho é um evento da Organização Internacional do Trabalho (OIT) é realizada anualmente e reúne líderes dos 185 países-membros da Organização. O Brasil está entre os membros fundadores da OIT e participa da Conferência Internacional do Trabalho desde a primeira reunião, realizada em 1919, mesmo ano de criação da OIT.

Além da promoção permanente das Normas Internacionais do Trabalho, do emprego, da melhoria das condições de trabalho e da ampliação da proteção social, a atuação da OIT no Brasil tem se caracterizado pelo apoio ao esforço nacional de promoção do trabalho decente em áreas como o combate ao trabalho forçado, ao trabalho infantil e ao tráfico de pessoas para fins de exploração sexual e comercial, à promoção da igualdade de oportunidades e tratamento de gênero e raça no trabalho e à promoção de trabalho decente para os jovens, entre outros temas. Diretoria Executiva da CONTEC

UGT na reunião do Comitê Mundial do Setor de Serviços da UNI GLOBAL UNION

Ricardo Patah, presidente nacional da União Geral dos Trabalhadores (UGT), participou da reunião do Comitê Mundial do Setor de Serviços da UNI GLOBAL UNION, ao lado de Moacyr Pereira, secretario de Finanças da UGT e presidente do Siemaco. O encontro é na na Finlândia e discutindo estratégias de enfrentamento aos ataques contra os direitos dos trabalhadores que acontecem, constantemente, em diversas partes do mundo.

Patah fez um discurso falando da crise econômica e a atual situação política brasileira. Explicou que UGT é uma central que encampa a clássica luta trabalhista por melhores condições laborais e aumento salarial, mas também defende um novo projeto sindical centrado no ser humano e capaz de oferecer respostas e propostas aos problemas nacionais.

No encontro, também foi discutida a situação dos trabalhadores da limpeza e Moacyr, que também preside o Sindicato dos Trabalhadores de Asseio e Conservação de São Paulo (Siemaco-SP), fez uma apresentação sobre as ações sindicais do Comitê de Serviços da UNI Américas e abordou as consequências da crise econômica sobre os trabalhadores da limpeza no Brasil.