9.6.16

UGT PROMOVE MUTIRÃO CONTRA MOSQUITO DA DENGUE NA CAPITAL PAULISTA [VÍDEO]

Via UGT -


Em parceria com a prefeitura de São Paulo, a União Geral dos Trabalhadores – UGT promoveu na manhã desta quarta-feira, dia 8, um mutirão de combate ao mosquito da dengue. A ação que mobilizou cerca de 300 pessoas entre sindicalistas, agentes da prefeitura e representantes da sociedade civil, foi realizada em algumas ruas no bairro da Bela Vista.

Carros de som com mensagens convocando a população para entrar na luta do combate ao mosquito aedes aegypti, iam a frente enquanto sindicalistas e agentes da prefeitura efetuavam a entrega de telas para cobertura e proteção de caixas d’água, além de panfletos e cartilhas com orientações de como proceder para evitar a proliferação do mosquito.

O presidente da UGT, Ricardo Patah, esteve a frente das atividades e em conjunto com os agentes da Vigilância Ambiental, entregou panfletos, conversou com moradores, alertando sobre a necessidade de envolvimento de todos. “ A UGT mostra a sua parcela cidadã e promove essa ação de extrema importância, pois não temos dúvida que a prevenção é o melhor remédio", afirmou.

Pouco antes do início do mutirão, Ricardo Patah e dirigentes da UGT receberam o subprefeito da Subprefeitura da Sé, Gilmar Tadeu Ribeiro Alves, para quem foi entregue a doação de um grande volume de telas de proteção para caixas d’água, que foram distribuídas a população durante o mutirão.

Segundo Isabel Kausz dos Reis, diretora da Secretaria da Mulher do Sindicato dos Comerciários de São Paulo, a cartilha informativa elaborada pela UGT foi bastante elogiada pelas autoridades municipais, que solicitaram o material para ser distribuídos nas escolas da rede pública.

Palestra

Antes da caminhada nas ruas da Bela Vista, a ação começou com uma palestra na sede nacional da UGT. Ministrada por profissionais da Vigilância Ambiental de São Paulo, aos sindicalistas, colaboradores e estudantes que participaram do mutirão. Eles receberam importantes informações sobre cuidados e precauções para evitar a proliferação do mosquito transmissor da dengue, febre chikungunya e o zika virus.

*Joacir Gonçalves, Imprensa UGT / Fotos: FH Mendes.