10.7.16

10 DE JULHO: 83 ANOS DE SINTHORESP!

FRANCISCO CALASANS LACERDA -


Em 10 de julho de 1933 ocorreu a assembleia de fundação da associação por um grupo de trabalhadores empregados em hotéis e restaurantes, que no final da década seria reconhecida com SINDICATO DOS EMPREGADOS NO COMERCIO HOTELEIRO E SIMILARES DE SÃO PAULO.

É uma história bonita, pois seus fundadores tiveram de bancar do próprio bolso tudo que se fazia necessário, como: aluguel de sala, material de escritório, etc. andou pela Rua da Gloria, Rua Quintino Bocaiuva, Rua 24 de Maio, Quirino de Andrade e por ultimo Rua São Joaquim. Sempre foi um sindicato pequeno, mas, de muitas lutas que causavam orgulho aos trabalhadores da categoria.

A partir de 1972 já em sua sede própria na Rua São Joaquim 198, esquina com a Rua Taguá, começou a crescer até chegar a ser considerado o maior do setor na América Latina, contando atualmente com um quadro de mais de 800 (oitocentos) funcionários, 6 (seis) edifícios usados como sede e sub sedes, prestação de serviços médicos, odontológico, jurídico, assistência social, cultura, esporte e lazer, tais como qualificação profissional, campeonato de futebol, 5 (cinco) colônias de férias, localizadas em Peruíbe, Praia Grande e Caraguatatuba aonde conta também com uma área de mais de 10.000m² metros propícia para outra grande obra no futuro.

É uma pena que tenhamos de registrar em seu octogésimo terceiro aniversário uma aberrante injustiça praticada no seio da própria classe que ele sempre defendeu com denodo, por falsos sindicalistas comandados por poderosas empresas estrangeiras ávidas em explorar nossos jovens trabalhadores patrícios, isto de um lado; de outro lado, uma nociva diretoria da federação que ajudou a criar, na década de 1950, e que agora o acusa de débito inexistente mas que, por induzimento a erro logra uma execução judicial cuja pretensão desavergonhada chega a por em risco grande parte do patrimônio custosamente acumulado no curso dessas oito décadas.

Em nome da diretoria peço perdão aos companheiros da categoria pela falta de inspiração para saudá-los com a vibração que merecem, pois este aniversário do nosso querido SINTHORESP nos encontra muito entristecidos e angustiados, restando-nos tão só a viva fé no mesmo Deus que o fez crescer e de ser capaz de recomeçar do mesmo nada e voltar a vencer com a mesma dignidade. Nesse aspecto podemos dizer sempre: Salve, salve, SINTHORESP! Pois serás sempre forte e imbatível!

Forte abraço, companheiros, e creiam: DEUS ESTARÁ SEMPRE CONOSCO!