5.7.16

A SOLUÇÃO DE TEMER

CARLOS CHAGAS -

Tem o presidente Michel Temer, nas sucessivas entrevistas que concede aos meios de comunicação, enfatizado que “vai privatizar tudo”. Traduzindo: entregará à iniciativa privada as estruturas públicas que puder, desde rodovias, ferrovias, empresas geradoras de energia, aeroportos, serviços de gás, telefones, água e tudo o mais que signifique investimentos do estado federal.

Resta saber as condições de financiamento dessas operações oferecidas ao capital privado para adquirir serviços públicos. Serão negócios especiais incapazes de gerar lucro de acordo com o mercado. Prejudicam-se o governo e o estado, deixando de receber o preço justo pela venda ou entrega de seu patrimônio. Assim como a população, cujo atendimento deixa a desejar quando se atenta para o fato de que o preço de suas necessidades será sempre maior quando oferecido pela iniciativa privada.

Pergunta-se onde Michel Temer baseia sua opção privatista como exemplo. Não será no passado gerido por seus antecessores.

SOLUÇÃO DE TANCREDO

Tancredo Neves elegeu-se governador de Minas e logo parte da bancada mineira na Câmara dos Deputados levantou a proposta da criação do Estado do Triângulo. Ronaldo Costa Couto, seu secretário, alertou para os perigos da divisão, mas não assustou o chefe. Resposta de Tancredo: eles criam em seguida nós pedimos para entrar...”