6.7.16

A TORNOZELEIRA É PRÊMIO NOBEL DO CRIME

MIRSON MURAD -


Uma fonte fidedigna, confidenciou-me que os figurões do crime que estão cumprindo pena domiciliar usando tornozeleira, recebem uma chave extra.

Quando a porta do lar, doce lar, é fechada, e que os policiais vão embora com o dever cumprido, a incômoda "algema" de pé é retirada.

Entretanto, o desconforto é enorme pois o coitadinho tem de carrega-la para todos os lugares que vai em seu palacete, até mesmo quando toma seu banho ou faz suas necessidades fisiológicas.

É necessário essa chateação para o registro na Central de Monitoramento da Justiça. Se, por acaso,  alguém vai lá para fiscalizar, é só colocar o "colar" de pé e pronto. Tudo O.K.

É muito sofrimento! É uma punição pesadíssima! Ninguém merece!...

*Mirson Murad, colaborador da TRIBUNA DA IMPRENSA SINDICAL, escreve originalmente seus artigos no blog Notícias em Análise.