27.7.16

CARTILHA: O MAIOR ROUBO DE DIREITOS DOS TRABALHADORES; MP VAI INVESTIGAR PERDÃO CONCEDIDO POR ALCKMIN À ALSTOM

ILUSKA LOPES -

Conheça a cartilha recém elaborada pela Central Única dos Trabalhadores de Brasília - “O Maior Roubo de Direitos dos Trabalhadores” - que traz mais de 60 dos projetos de lei em tramitação no Congresso Nacional que atacam os direitos e conquistas trabalhistas e sociais.

A cartilha reforça o debate sobre as mobilizações e ações necessárias para barrar o rolo compressor dos patrões e de seus representantes que constituem a grandíssima maioria dos parlamentares na Câmara e no Senado.

“Quem considera o momento atual como delicado, nem de longe imagina o tamanho do pacote de atrocidades que está guardado para o mal da classe trabalhadora”, alerta o presidente da CUT Brasília, Rodrigo Britto, na apresentação da cartilha.

Acesse a íntegra da cartilha.

MP vai investigar perdão concedido por Alckmin à Alstom


O favor concedido pelo governo Geraldo Alckmin à empresa francesa Alstom, com o perdão de uma dívida de R$ 116 milhões (saiba mais aqui), será investigado pelo Ministério Público de São Paulo.

“Não vejo sentido nesse acordo. O Metrô aplicou multas no limite máximo à Alstom em decorrência do contrato. Como agora perdoa essas multas?”, afirmou o procurador Marcelo Milani. Ele diz que vai investigar se a medida não gerou danos aos cofres públicos.

Nos últimos anos, a Alstom esteve envolvida em diversos escândalos de corrupção e financiamento irregular de campanhas ao PSDB.

*Com informações DIAP, 247 e R7.