9.7.16

COMEÇOU OCUPAÇÃO DE ÁREAS OLÍMPICAS PELAS FORÇAS ARMADAS

ALCYR CAVALCANTI -


O Sábado amanheceu ocupado por forte esquema de segurança em vários pontos da cidade. O treinamento foi antecipado devido aos altos índices de violência que tem acontecido. A gota d'água foi o arrastão em uma das vias mais usadas da cidade o Elevado Paulo de Frontin e um dia depois uma viatura da Força Policial foi atingida por tiros de fuzil disparado por traficantes. As duras críticas feitas pelo prefeito Eduardo Paes em entrevista á imprensa internacional quando afirmou que "a segurança no Rio é horrível, terrível" motivou resposta imediata do Ministro da Defesa Raul Jungmann que veio ao Rio para inspecionar locais para a Olimpíada. O Ministro supervisionou a Brigada de Paraquedistas que tem 2.200 soldados treinados para compor a Força de Contingência que estará preparada para ir a qualquer ponto do território nacional em caso de necessidade.

Para o ministro o número de homens para o esquema de segurança é mais do que suficiente e as forças de segurança vão atuar em especial em quatro regiões olímpicas, o Exército em Deodoro, Barra, Maracanã e Engenhão e a Marinha em Copacabana. Serão mais de 80 mil homens ao todo de vários setores,  Força Nacional 5mil, Forças Armadas 38 mil, Policia Militar 18 mil, Policia Civil 1,2 mil e Corpo de Bombeiros além da Policia Rodoviária Federal.  O Brasil terá também um Comando de Inteligência Internacional com participação de mais de noventa países para prevenir ataques terroristas. Para o Ministro da Defesa não haverá nenhum problema grave, os Jogos irão transcorrer em paz.