1.7.16

DONA DILMA NÃO VAI DEPOR NO SENADO

HELIO FERNANDES -

Não é obrigação é direito dela. Mas posso informar com exclusividade: decidiu não ir ao senado. Talvez mande um depoimento escrito, também depende só dela. Quem vai ficar decepcionada, é a jurista-judoca, que "fala" com as mãos e os braços. Dona Janaína Paschoal já preparava um espetáculo especial. E não pode recorrer ao parceiro de denuncia do impeachment, ele cansou dela.

Se Dona Dilma resolver mudar de posição e comparecer, haverá problema no tratamento dos senadores. È lógico que não serão ofensivos ou agressivos. Mas terão que se dirigir a ela de forma correta. Não apenas verbal, mas constitucional. Não podem dizer "senhora presidente", não é. Se usarem "senhora ex-presidente", novo equivoco, também estaria errado.

Leia mais na COLUNA