19.7.16

JUIZ NÃO É DEUS – SE HOUVE DESRESPEITO A LEI, QUE SE PUNA O WHATSAPP, E NÃO OS USUÁRIOS

EMANUEL CANCELLA e JOÃO MARTINS -

É absurda a decisão dessa juíza do Rio de Janeiro, Daniela Barbosa, da 2ª comarca Criminal de Duque de Caxiasque manda suspender o Watsap em todo o Brasil, o que envolve mais de cem milhões de brasileiros. Isso se assemelha ‘a pau mandado’.

Querem saber até aonde vai a tolerância dos brasileiros a esse tipo de arbitrariedade.

Se a juíza quer punir, que puna a Watzap, não, ela prefere punir os usuários.

O interesse público não pode ser preterido pelo individual ou de uma minoria. Não é a primeira vez que um juiz toma essa decisão atabalhoada.

Creio que as pessoas prejudicadas em suas agendas profissionais, deveriam cobrar o prejuízo a juíza.

Todos os usuários deveriam também se reportar a essa juíza para cobrar satisfação. Seja de corpo presente ou através de mensagens.

Vários projetos estão no Congresso Nacional para de forma absurda e anti democrática limitar o uso das redes sociais como Faccebook, watsap, etc.

Se a juíza defende a limitação desses meios de comunicação que se candidate ao parlamento e vá defender que seu ponto de vista se transforme em lei no Congresso nacional.

A sociedade está cansada de se submeter a “autoridade” que acha que é deus e outras que tem certeza!

*Emanuel Cancella e João Gilberto Martins, Diretor do Sindipetro-RJ.