10.7.16

O WIKILEAKS DENUNCIOU OS GRINGOS COMO INIMIGOS DO NOSSO PRÉ-SAL, MAIS OS MAIORES ALGOZES ESTÃO NO BRASIL: GLOBO, SERRA, TEMER, PEDRO PARENTE E JOSÉ CARLOS ALELUIA

EMANUEL CANCELLA -


A Comissão especial aprovou o que representa a entrega do pré-sal e agora a proposta vai para plenário da Câmara. O Senado já tinha aprovado antes! Com certeza o resultado não vai ser diferente. Eles estão unido$!

O movimento ‘O petróleo é Nosso!” foi o maior movimento cívico que resultou na criação da Petrobrás e do monopólio estatal do petróleo. A Petrobrás e os petroleiros fizeram a sua parte: abasteceram ininterruptamente de combustível o país nos seus 62 anos de existência. Até o começo da crise, em outubro de 2014, a Petrobrás contribuiu com 13% do PIB, financiou com os impostos que paga 80% das obras no país e o Brasil é o segundo canteiro de obras no mundo.

E a Petrobrás fez mais, desenvolveu tecnologia inédita no mundo que propiciou a descoberta do pré-sal, garantindo assim o abastecimento do país, no mínimo nos próximos 50 anos. Nenhuma empresa oferece isso ao país!

Os royalties do pré-sal, na atual lei de Partilha, garantem 75% para educação e 25% para a saúde, e o previsto é que isso começaria a ser pago ainda em 2016. Assim como o conteúdo local na lei de Partilha garante que a maior parte da indústria naval fique no Brasil. Estamos falando na construção de navios, plataformas, sondas etc. Isso representa novas indústrias, arrecadação de impostos para municípios, estados e União, empregos e renda para trabalhadores.

Entretanto, os deputados que deveriam representar o povo brasileiro e os senadores, que deveriam representar os interesses do estado brasileiro, estão na verdade defendendo o interesse dos gringos. Traem o país! E a entrega de nosso ouro foi uma das principais razões para tirarem a presidente eleita, porque ela não iria admitir esse crime lesa pátria!

Na década de 40/50, os brasileiros foram para as ruas na criação da Petrobrás por que, já naquela época, o povo não acreditava no Congresso Nacional e no Judiciário! O militares participaram ativamente da campanha do petróleo, entre outros o general Horta Barbosa e Edgar Buxbaum!

Os militares continuam defendendo o pré-sal, conscientes de sua importância para a grandiosidade do Brasil, tanto que estão construindo o submarino atômico justamente para proteger o pré-sal do inimigo externo. Lamentavelmente, os maiores inimigos do pré-sal estão dentro do Brasil, na presidência da Republica, na pessoal do interino, Michel Temer, no presidente da Petrobrás, Pedro Parentes, no ministro das Relações Exteriores, José Serra, e no deputado baiano, José Carlos de Aleluia Dem/BA.

Para viabilizar a entrega da empresa, os entreguistas lançam na mídia uma campanha difamatória da empresa, enganando a população, fazendo parecer que almejam acabar com a corrupção, quando na verdade o que querem é entregar a Petrobrás.Temos que informar para sociedade que só através do concurso público se entra na Petrobrás. Que, além de concurso, somos submetidos a uma investigação social, só entra na companhia ficha limpa, isso muito antes da lei do Ficha Limpa. Que corrupto na Petrobrás vai para a cadeia, diferente da Globo, que vive a falar mal da Petrobrás mas está envolvida em vários escândalos de corrupção e nem sequer é investigada.

Que muito antes da Lava Jato o sindicato dos petroleiros já denunciava a corrupção na Petrobrás, através de enterros simbólicos de diretores na frente da sede da Petrobrás, escrachos nas residências, ação na justiça, denúncias ao MP e na Policia Federal.

Agora, como eles querem destruir a empresa, a Lava Jato ganha prêmio da Globo e do governo americano e de suas principais revistas, Fortune e Time. Entretanto os sindicalistas, por contas das denúncias, sofreram processos e até prisões, que foram transformadas em pagamento de cestas básicas, e proibição de escrever ou citar o nome de determinados gerentes da companhia.

Queremos que todos os corruptos e corruptores, independente do governo e do partido, vão para a cadeia e tenham o produto do roubo devolvido aos cofres público. Mas não concordamos que os corruptos fiquem presos em suas residências compradas com dinheiro público, verdadeiros clubes de lazer, somente com uma coleira na tornozeleira!

Por que a Lava Jato investiga o governo do PT e não investiga o governo tucano de FHC, também citado nas delações? Por que prende o tesoureiro e ex-tesoureiro do PT e não prende os tesoureiros do PSDB, PMDB, PSB, DEM igualmente envolvidos nas denúncias? Por que a coleira vale para os presos da Lava Jato menos do PT?

E também não aceitamos que a Lava Jato fique com 10% dos acordos de Leniência, ou seja, com parte do dinheiro da corrupção. O petroleiro quando faz qualquer descoberta na Petrobrás, da mais simples a mais sofisticada, nada ganha por isso, pois é considerado dever de oficio!

Vamos espalhar cartazes pelo Brasil com a foto de todos os entreguistas do nosso pré-sal. Não Passarão!

Emanuel Cancella é coordenador do Sindicato dos Petroleiros do Estado do Rio de Janeiro (Sindipetro-RJ) e da Federação Nacional dos Petroleiros (FNP).