20.7.16

POLÍCIA VAI APURAR SE WHATSAPP OBSTRUIU A JUSTIÇA, RESPONSÁVEL PELO FACEBOOK NO BRASIL RESPONDERÁ EM JUÍZO; ROMÁRIO VAI DESISTIR DA PREFEITURA DO RIO

ILUSKA LOPES 


Delegado Marcos Gomes, da 62ª Delegacia de Polícia em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, afirmou nesta terça-feira, 19, que iniciará investigação da pessoa responsável pelo Facebook no Brasil pelo crime de obstrução de Justiça. Falam no nome do executivo-chefe do WhatsApp no Brasil, Jan Koum.

O delegado atende à decisão da juíza Daniela Barbosa de Souza, que ordenou a suspensão do aplicativo de mensagens Wahtsapp em todo o País. A juíza informou que o Facebook não cumpriu, por três vezes, ordem judicial para que interceptasse mensagens de Whattsapp referentes a uma investigação em curso na 62ª DP, o nome do investigado não foi divulgado.

Romário vai desistir

A pré-candidatura do ex-jogador de futebol Romário não provocou a repercussão eleitoral que se imaginava. Pesquisas internas do PMDB mostram que o senador está apenas em terceiro lugar na disputa, atrás do próprio Crivella e do deputado estadual Marcelo Freixo (PSOL).

O senador Romário, pré-candidato a prefeito do Rio pelo PSB, deve desistir da disputa e apoiar Marcelo Crivella, do PRB. Nessa tremenda bola dividida o PSB de Romário deve indicar o vice de Crivella.