12.8.16

AULA DO IDIOMA PÁTRIO NO STF

MIRSON MURAD -


A próxima presidenta do Supremo Tribunal Federal, Carmen Lúcia, ao ser saudada pelo atual, Ricardo Lewandowski, que foi debochado com a presidenta Dilma (eu não esperava isso dele), recebeu do colega ministro a pergunta se ela gostaria de ser chamada de presidenta ou presidente.

A resposta da ministra foi surpreendente que, sorrindo, disse que ela é defensora do nosso idioma e que achava a expressão presidente a correta.

Ministra, respeitosamente, recomendo à senhora que vá consultar um dicionário (o Aurélio é um dos bons) porque lá está bem claro que a mulher pode ser chama de presidenta ou presidente.

A propósito, desejo-lhe uma profícua presidência e espero que a senhora dê prosseguimento a processos parados, sine die, com os de alguns líderes políticos extremamente corruptos.

Aliás, o Eduardo Telerj Dólares na Suíça Lavajato Caranguejo Cunha continua interferindo e mandando nos andamentos do Congresso. Afinal, quando ele será preso?

Leia também:

DILMA AGORA É RÉ; JORNALISTAS BABACAS MADE IN USA

*Mirson Murad, colaborador da TRIBUNA DA IMPRENSA SINDICAL, escreve originalmente seus comentários e artigos no blog Notícias em Análise.