10.8.16

DIRIGENTES SINDICAIS PRESOS ARBITRARIAMENTE NA CÂMARA; ATO DA FIST NA CHEGADA DA TOCHA TEM AMPLO APOIO POPULAR

REDAÇÃO -

Na manhã desta terça-feira (9/8), durante a sessão extraordinária do Plenário que foi transformada em Comissão Geral para debater o projeto que retira a obrigatoriedade de atuação da Petrobrás como operadora única de todos os blocos contratados pelo regime de partilha de produção em áreas do pré-sal, dois dirigentes sindicais foram presos pela Polícia Legislativa da Câmara dos Deputados.

Após o término da Comissão Geral, no início da tarde, petroleiros continuam na Câmara, em Brasília, aguardando a liberação dos companheiros. Segundo relatos, os dirigentes estão muito feridos.

Clique na imagem para acessar o vídeo com os relatos dos petroleiros em Brasília:

ATO DA FIST NA CHEGADA DA TOCHA NA PRAÇA MAUÁ TEM AMPLO APOIO POPULAR

Exibindo uma enorme faixa denunciando que 77.000 pessoas foram removidas para a realização das Olimpíadas e se posicionando contra a entrega de nosso petróleo, a FIST deu o tom no Museu do Amanhã, puxando um Fora Temer que teve amplo apoio das pessoas presentes.

No sábado (05/08) balões foram soltos pela FIST exigindo o fim dos leilões do petróleo e o Fora Temer! Abaixo cenas dos dois atos. Boicotada, pela imprensa burguesa, a Fist foi notícia na imprensa estrangeira. (Fonte: Fist)

*Via FNP e FIST.