11.8.16

SINDICATOS DOS FRENTISTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SE UNEM PARA BARRAR ATAQUES E MANTER REGRAS QUE BENEFICIAM OS TRABALHADORES [VÍDEOS]

DANIEL MAZOLA e ILUSKA LOPES –

Mesa de abertura do I Encontro Estadual dos Dirigentes dos Sindicatos dos Empregados em Postos de Combustíveis do Estado do Rio de Janeiro. De pé, ao lado de outros lutadores o presidente do SINPOSPETRO-RJ, Eusébio Pinto Neto.
Mesmo interinamente estão tentando acabar com a proteção ao trabalhador, cientes desse novo desafio os principais diretores dos Sindicatos dos Frentistas do Rio de Janeiro, de Niterói e Campos dos Goytacazes se reuniram ontem (10) no Arcos Palace Hotel, na Lapa, para debater sobre os direitos da categoria e as relações de trabalho, o principal objetivo é manter as regras que asseguram os benefícios de frentistas e trabalhadores de postos de combustíveis. Também começaram a traçar diretrizes para as próximas negociações e para lutarem efetivamente contra as ameaças aos direitos dos trabalhadores, essa foi a tônica do ‘I Encontro Estadual dos Dirigentes dos Sindicatos dos Empregados em Postos de Combustíveis do Estado do Rio de Janeiro’.

O presidente do SINPOSPETRO-RJ, Eusébio Pinto Neto abriu os trabalhos lembrando das lutas que travaram para organizar a categoria no Estado e as dificuldades para fundar o primeiro sindicato dos trabalhadores em 2005. Destaco algumas das diversas falas do valoroso dirigente: “é questão de luta de classes e os sindicatos tem que melhorar a vida dos trabalhadores (...); infelizmente temos muitos dirigentes sindicais com cabeça de empresário e não com a cabeça do trabalhador (...); Todos os projetos hoje no Brasil são para tirar os direitos dos trabalhadores, querem transforma-los em escravos (...); o governo é pau mandado do grande capital, dos EUA (...) dos políticos que estão no poder hoje, não sobra nenhum, vejam quem está por trás do projeto de tomar conta do pré-sal? (...); sou contra a terceirização e vou sempre lutar contra (...); sabemos que 75% dos trabalhadores ganham até dois salários mínimos (...); quem tem que flexibilizar é o capital e não o trabalhador! (...)”

Os palestrantes estão entre os mais requisitados no Movimento Sindical do país: Jéssica Naime, técnica do Dieese e cientista política; Raimundo Nonato, diretor do Sindicato dos Frentistas de Campinas; Aparecida Evaristo, vice-presidente do SINPOSPETRO-RJ; o advogado sindical Hélio Gherardi, da Federação Nacional dos Frentistas (FENEPOSPETRO) e consultor do DIAP; Vagner Monteiro, consultor em TI. Os principais temas apresentados: Conjuntura e Perfil do Setor de Revenda de Combustíveis e da Categoria (Jéssica Naime); Risco de exposição ao Benzeno (Raimundo Nonato); Estrutura Sindical e Ações Sindicais (Dr. Hélio Gherardi).

Depoimentos (playlist):

Eusébio Pinto Neto,
Presidente do SINPOSPETRO-RJ


Raimundo Nonato de Souza,
Secretário Geral do SINPOSPETRO Campinas e Região


Alexsandro Silva,
Presidente do SINPOSPETRO Niterói e Região


Valdecir Guimarães,
Presidente SINPOSPETRO-Campos dos Goytacazes


Wellington Bezerra,
Presidente SINPOSPETRO-ES


Hélio Gherardi,
Advogado FENEPOSPETRO e consultor do DIAP



No encerramento o presidente do SINPOSPETRO-RJ, Eusébio Pinto Neto agradeceu a presença dos dirigentes, militantes e trabalhadores. Ele frisou que a união será sempre o marco da categoria no Estado e que o encontro fortalece as ações.