23.10.16

OS CRÁPULAS SÃO IGUAIS. DIGA-ME COM QUEM ANDAS...; UMA ESCANDALOSA TONELADA DE FEZES DENTRO DO CONGRESSO

MIRSON MURAD -


O falso católico, Índio da Costa, deixou cair a máscara e disse a que veio unindo-se ao crápula Crivella, defensor do canalha que chutou a imagem de Nossa Senhora de Aparecida. (Crivella, inclusive, compôs e gravou uma música assumindo parceria no coice à imagem Santa e até desafiando-a a castiga-lo). Índio, você também está chutando a Mãe de Deus. Os crápulas são iguais. "Diga-me com quem andas e direi quem tu és", diz a filosofia popular. Quanto a você, sobrinho do titio, aquele que acumulou quase dois bilhões de reais explorando os seus idiotas fiéis, que não tinha nada antes de criar essa seita fundamentalista da prosperidade, que se diz cristão mas usa um quipar judaico, desagradando, inclusive, os seguidores de Moisés, você não será castigado pela Santa Mãe de Deus que é só amor. Entretanto, Crivella, você que fez o milagre da multiplicação do dinheiro. Você conseguiu com R$50.000,00 de bens (segundo sua declaração ao Imposto de Renda) realizar uma obra no Nordeste, que teria custado mais de um bilhão de reais, pagando do próprio bolso, você seu velhaco Crivella, vai prestar contas a Deus. Seu passaporte do Além o conduzirá ao "titio-avô" Satanás que o aguarda esfregando as mãos de satisfação.

UMA ESCANDALOSA TONELADA DE FEZES DENTRO DO CONGRESSO

A prisão do mafioso Eduardo Cunha e sua possibilidade de fazer delação premiada provocou uma diarreia generalizada entre suas excelências, os parlamentares. Nas filas gigantescas nas portas dos banheiros, a maioria dos políticos, apavorados, com tremedeiras nas pernas, não conseguia segurar suas fezes. O resultado foi que os serventes da Câmara e do Senado recolheram uma tonelada delas. Uma escandalosa, ruidosa, enorme fedentina... Enquanto isso, no Palácio Jaburu, os golpistas quedaram-se em absoluto silêncio. "Em boca fechada, não entra mosca", assim diz o provérbio popular.