2.11.16

1- DENÚNCIA E PRESSÃO DOS PETROLEIROS FAZEM PETROBRAS SUSPENDER BLOQUEIO DE INTERNET; 2- A UMA SEMANA DAS ELEIÇÕES, TRUMP ULTRAPASSA HILLARY EM PESQUISA

REDAÇÃO -

Após o Sindipetro-NF (Norte Fluminense) publicar notícia sobre o bloqueio que a Petrobrás fez ao acesso à internet e webmails externos, a empresa voltou atrás e suspendeu a decisão. Muitos trabalhadores se mostraram insatisfeitos com a postura da empresa e se posicionaram contrários na intranet e no facebook do sindicato. Já a proibição de uso de dispositivos de armazenamento removíveis, tais como pendrive, HD externo, CDs, DVDs e cartões de memória continuam.

Segundo o diretor do NF, Tadeu Porto, "os petroleiros devem ter em mente que essa é uma política do golpe de estado que o pais sofreu. Assim como o STF matou o direito de greve, descontando os dias e acabando com  a ultratividade dos Acordos, Temer e Parente vão fazer o possível para inibir nossa greve, inclusive destruindo um direito básico como o da categoria se comunicar com a família".

Para a diretoria do sindicato, a empresa deve suspender totalmente essa decisão, pois muitos trabalhadores utilizam esses dispositivos para levar material de estudo para ser consultado durante o período de folga. O Sindipetro-NF acompanhará e perto essa restrição imposta pela Companhia em todo país e tentará revertê-la.

"Mais uma vez a gestão do Parente mostra o seu lado fascista ao cercear a comunicação dos trabalhadores e trabalhadoras que desenvolvem suas atividades profissionais num ambiente hostil.  Conseguimos reverter com nossa indignação esse caso, mas vamos continuar a acompanhar de perto para revogar toda a decisão" - afirma Porto, isso demonstra que a União da categoria , inclusive com o sindicato é responsável por reverter retrocessos. (Via SindipetroNF)

***

A uma semana das eleições, Trump ultrapassa Hillary em pesquisa


O bilionário Donald Trump está vencendo Hillary Clinton por 1% dos votos, segundo a pesquisa de opinião pública realizada pelo canal televisivo americano ABC News em parceria com o jornal Washington Post.

A pesquisa mostrou que 46% dos eleitores estão prontos para apoiar o representante do Partido Republicano e os restantes votarão pela candidata democrata e ex-secretária de Estado do governo Obama Hillary Clinton.

Ainda de acordo com a pesquisa, 3% apoiam o candidato Gary Johnson, que representa Partido Libertário, e 2% apoiam Jill Stein do Partido Verde. Um pequeno número de 0,7% dos eleitores pode marcar a vitória de Trump. Os participantes foram 1.128 no total, tendo a pesquisa decorrido entre os dias 27 e 30 de outubro. A margem de erro é de aproximadamente 3%.

As eleições terão lugar em 8 de novembro. O jornal New York Times informou mais cedo nesta terça-feira (1) que Hillary já encomendou um show de fogos de artifício caso ela vença. (Via Agência Sputinik)