1.11.16

ABR DIVULGA ESTUDO SOBRE IMPACTO DO AIRBNB E DAS ECONOMIAS COMPARTILHADAS

Via ABR -


A Associação Brasileira de Resorts (ABR) desenvolveu um estudo complexo sobre as estratégias comerciais e os impactos causados pelo modelo de atuação do Airbnb baseado na economia compartilhada. O documento Airbnb – Um Modelo de Negócio, disponível para leitura na íntegra no site da ABR, aborda como as novas possibilidades de hospedagem estão mudando o comportamento dos viajantes e despertando um alerta para as autoridades em todo o mundo.

Os principais destinos turísticos do mundo já adotaram medidas rígidas, a fim de ter um melhor controle da proposta de negócios do Airbnb e de outras plataformas semelhantes. Mais do que ações políticas, os governos locais trabalham para regulamentar a atividade, que já vem causando consequências, não somente para a hotelaria, mas também para o mercado imobiliário, reduzindo a oferta de imóveis disponíveis para locação de longo prazo.

O documento traz levantamentos de destinos como Nova York, Londres, Berlim, Paris, entre outros, suas legislações e penalidades. Além disso, mostra o perfil do Brasil, que ainda não tem uma legislação definida para a atividade. “O estudo das economias compartilhadas deve ser um tema relevante de pesquisas. Elas vieram para ficar e, portanto, é imprescindível uma avaliação criteriosa do impacto na economia”, declarou Luigi Rotunno, presidente da ABR.

Para ler Airbnb – Um Modelo de Negócio acesse o site da ABR:

*Sobre a ABR: Com o objetivo de fortalecer o segmento de resorts no País, a Associação Brasileira de Resorts (ABR) foi criada há quase 15 anos e, hoje, conta com 51 empreendimentos hoteleiros de alto padrão da categoria resort, presentes em 14 Estados brasileiros. A entidade atua no desenvolvimento de capacitações, pesquisas de mercado, perfil do consumidor e importantes projetos no trade turístico, a fim de identificar um cenário do desempenho dos resorts e indicar tendências para o segmento. Site: resortsbrasil.com.br